Viajar de trem é realizar uma espécie de retorno ao passado, a bordo de um meio de transporte que já foi considerado um dos mais importantes do País, tanto para deslocamento de passageiros, quanto de carga, até meados da década de 1960.

É também aproveitar a natureza em viagens agradáveis que podem reservar inúmeras surpresas ao longo do trajeto, do embarque ao desembarque e em cada parada.

Ao contrário de outros países da Europa e Ásia, onde as viagens de trem são bastante comuns e, muitas vezes, levam passageiros de um país a outro em veículos ultrarrápidos e modernos, no Brasil, a malha férrea é bastante reduzida e se tornou basicamente um meio de transporte turístico, com trajetos curtos e bem limitados.

Ainda assim, é possível ter uma experiência fantástica em uma viagem de trem pelo Brasil em roteiros que são nada menos do que incríveis. É isso que nos propomos a apresentar para você nas próximas linhas.

Fique conosco e conheça os 7 roteiros mais incríveis de viagens de trem pelo Brasil.

Veja Também: 2 viagens de trem que você deve fazer pelo menos uma vez na vida

Viagens de trem pelo Brasil

1 – Tour Uva e Vinho com Maria Fumaça (Carlos Barbosa a Bento Gonçalves – RS)

Um dos melhores e mais famosos passeios de trem pelo Brasil ocorre no Rio Grande do Sul.

Trata-se do tour uva e vinho, que sai do pequeno município de Carlos Barbosa, na Serra Gaúcha, e vai até Bento Gonçalves, fazendo uma parada no município de Garibaldi.

A proposta do trem Maria Fumaça é mostrar aos passageiros um pouquinho da forte colonização italiana na região, passando por cidades bastante conhecidas por sua produção de vinhos, espumantes e sucos de uva, cultura agrícola muito cultivada pelas famílias italianas do Estado gaúcho desde o início de sua chegada ao país, no final do século XIX.

Logo no início do passeio, os passageiros são recepcionados com uma apresentação musical, já na plataforma. Acomodados no trem, um guia explica um pouco sobre a história local e sobre a produção de vinhos mais conhecida do Brasil.

Em seguida, mais apresentações musicais típicas (italianas e gaúchas) percorrem os vagões, fazendo a trilha sonora da viagem tranquila que vai a, no máximo, 30km por hora.

No trem, o passageiro tem a chance de aproveitar a bela paisagem local, cercada por muito verde, além das casinhas das cidades que embelezam ainda mais os cenários. Em cada parada, o passageiro é recepcionado por artistas locais que tocam e cantam alegremente, além de poder degustar vinhos, espumantes e sucos de uva produzidos na região.

O passeio dura, em média, 1h30 (somente ida) e percorre 23km de trilhos, sempre às quartas e sextas-feiras.

Veja Também: Passeios na Serra Gaúcha: Tour Uva e Vinho, Rota Cervejeira, Noite Gaúcha e muito mais

2 – Estrada de Ferro Campos do Jordão a São José do Pinhal (SP)

O passeio de trem na estrada de ferro que sai de Campos do Jordão e vai até São José do Pinhal, é considerado um dos principais atrativos do Circuito da Mantiqueira, no interior paulista.

A centenária estrada de ferro de Campos do Jordão foi construída, a princípio, como meio de transporte de portadores de tuberculose que vinham se tratar na cidade. Com o passar das décadas, a proposta mudou radicalmente, tornando este meio de transporte um atrativo turístico da região, que é uma das mais queridas pelos turistas que viajam ao Estado de São Paulo.

Graças à grande procura, que faz com que o trem chegue a transportar 50 mil passageiros por ano, a administradora da Estrada de Ferro vem disponibilizando cada vez mais opções de dias e horários para os turistas fazerem o passeio.

A viagem se inicia em Campos do Jordão, na estação Emílio Ribas, e segue em direção a Santo Antônio do Pinhal, passando por belíssimos trechos da Serra da Mantiqueira e pelo Alto do Lajeado, que possui impressionantes 1743 metros de altura.

Na chegada, é possível comprar lembrancinhas da viagem e apreciar a bela paisagem do mirante Nossa Senhora Auxiliadora. A viagem dura cerca de 3 horas e compreende ida e volta à Campos do Jordão.

Veja Também: 9 passeios fantásticos em Campos do Jordão

3 – Trem do Pantanal (Mato Grosso do Sul)

“Enquanto este velho trem atravessa o Pantanal
As estrelas do cruzeiro fazem um sinal
De que este é o melhor caminho”

A música do cantor e compositor brasileiro, Almir Sater, é uma bela homenagem ao nosso terceiro item da lista das viagens de trem pelo Brasil, o Trem do Pantanal. Viajar com ele é uma oportunidade única de conhecer sob uma nova ótica um dos biomas mais importantes do Planeta: o Pantanal.

O trajeto da viagem se inicia no município de Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, ou em Aquidauana, a 141 quilômetros dali, sempre aos sábados, a partir das 15h. Depois, o trem segue para Miranda, distante 208 quilômetros da capital.

A viagem de ida leva, aproximadamente, 3 horas e o retorno só é possível no dia seguinte. Então vá preparado!

Veja Também: 6 lugares incríveis para conhecer no Mato Grosso do Sul

4 – Trem Serra do Mar (Paraná)

No Estado do Paraná, sul brasileiro, é possível fazer uma das melhores viagens de trem pelo Brasil. O trem Serra do Mar realiza o trajeto de 67,3 quilômetros, que vai da capital, Curitiba, até Morretes, no interior do Estado, através da Ferrovia Curitiba-Paranaguá.

Durante o trajeto de três horas é possível apreciar uma paisagem deslumbrante com cachoeiras, pontes, túneis, flora da Serra da Mantiqueira e o maior trecho contínuo de Mata Atlântica do Brasil.

Uma curiosidade: a primeira viagem do trem, que inaugurou o passeio que perdura até hoje, foi realizado em 1884, pela Princesa Isabel.

Veja Também: As 9 melhores praias do Paraná

5 – Trem Maria Fumaça – Viagem de Tiradentes a São João Del Rei (Minas Gerais)

Minas Gerais é o cenário ideal para uma deliciosa e incrível viagem de trem. O tom bucólico de suas paisagens do interior, cercadas por muita natureza e história, são a pedida certa para este tipo de passeio, que faz a cabeça dos turistas que vão até o Estado.

Uma das principais opções de viagem de trem em Minas é a Maria Fumaça, que faz 12 quilômetros entre as cidades históricas de Tiradentes e São João Del Rei, presenteando os passageiros com lindas paisagens de mata, serras e rios.

A Maria Fumaça de Tiradentes é a mais antiga em atividade no Brasil, tendo sido inaugurada em 1881.

Veja Também: 11 cidades em Minas Gerais que você precisa visitar pelo menos uma vez

6 – Trem Maria Fumaça – Viagem de Campinas à Jaguariúna (SP)

Partindo da cidade de Campinas, interior de São Paulo, o trem Maria Fumaça vai com destino à Jaguariúna e é uma viagem ideal para ser feita na companhia de crianças.

Com duração de três horas e meia, a viagem possui paradas na Estação Tanquinhos, onde os passageiros recebem explicações sobre o funcionamento da Maria Fumaça, nome popular dado aos trens a vapor.

Depois, o passeio segue até o município de Jaguariúna, onde os visitantes têm a chance de conhecer um museu de moda com peças antigas e de época.

Veja Também: 7 dicas sobre como viajar de trem pela Europa sem gastar muito

7 – Trem das Águas (Minas Gerais)

Fechando nossa seleção com as melhores viagens de trem pelo Brasil, apresentamos o Trem das Águas, trajeto que vai de São Lourenço a Soledade de Minas, no interior mineiro. O percurso de 20 quilômetros é feito em, aproximadamente, duas horas, e somente aos fins de semana.

Ali, é possível fazer uma deliciosa viagem no tempo na locomotiva construída no ano de 1925.

Durante a viagem, o passageiro é convidado a aproveitar a bela paisagem mineira, que conta com muita vegetação às margens do Rio Verde. O desembarque é feito na plataforma de Soledade de Minas, estação construída em 1884 e restaurada em 2005.

Ao fim da viagem, o visitante pode aproveitar para comprar lembrancinhas na feira de artesanatos local e saborear deliciosos quitutes mineiros.