Perth City na Austrália
Foto retirada de http://stevefraser.co/Image/Perth-City-Aerial/108/1

Sempre imaginei a Austrália como no filme de 1986, Crocodilo Dundee. Um lugar inóspito, com cangurus andando pelas ruas de chão batido, bêbados brigando em um bar escuro e com poeira, todos armados com um facão para matar um crocodilo e tudo ao som de “Highway to Hell” do AC|DC.

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

Com uma certa desconfiança, viajei para a capital da Austrália Ocidental, uma charmosa e surpreendente cidade chamada Perth. Com um milhão e meio de habitantes, essa pequena cidade grande é cheia de vida. Pequena se comparada com as cidades da costa leste, mas Perth parece ser o centro do mundo com o sossego de cidade do interior.

Veja Também: 4 situações que pedem um Seguro Viagem

Perth Australia
Fonte: http://globetrottergirls.com/2013/11/perth-why-you-should-visit-one-of-the-most-isolated-cities-in-the-world/

Perth: Guia de Viagem

Não tem cangurus andando pelas ruas e elas não são de chão batido. Pelo contrário, para minha surpresa, Perth é um dos lugares mais surpreendentes que eu já conheci. Diferente de Sidney e Melbourne, você não irá encontrar tantos brasileiros. Mas os que você encontrar, provavelmente foram estudar inglês e decidiram não voltar mais para o Brasil. É muito difícil não se apaixonar pela cidade e não querer ficar.

Veja Também: 5 Destinos para fugir do Brasil no verão

Dividida em subúrbios, a cidade se desenvolveu junto à costa do Oceano Índico. As praias são espetaculares e a água, geladíssima. Em cada praia você terá banheiros com duchas gratuitas.

Veja Também: Kit Praia: saiba o que você precisa levar

Porque conhecer Perth

Para quem quiser estudar inglês, a cidade oferece diversos cursos de intercâmbio. Também há importantes universidades como a Notre Dame. É uma cidade jovem, que reúne muitos estudantes e famílias de origem asiática. Há uma explicação: Perth é a cidade de língua inglesa mais próxima de países como Malásia, China, Coreia e Japão.

Veja Também: Viagem romântica: 10 destinos inesquecíveis

Posto policial em Perth City na Austrália
Posto policial em Perth City. A Policia age de forma preventiva e a sensação de segurança na cidade é imensa.
(fonte: arquivo pessoal de Silvia Thais De Poli)

Saindo do centro você dificilmente encontrará estudantes asiáticos e com certeza mais australianos. Confesso que o inglês aussie foi incompreensível aos meus ouvidos no início da viagem.

Veja Também: Bahamas: o paraíso na terra

Os australianos são apaixonados pelo seu país. Tanto é que o dia mais importante e esperado do ano é 26 de janeiro, o Dia da Independência da Colônia, conhecido como Australian Day. A importância que o brasileiro dá ao Ano Novo é a mesma que eles dão para este dia e é normal você ver as pessoas vestidas dos pés à cabeça com as cores azul, branca e vermelha. Se estiver por lá, passe no Red Dot – uma lojinha tipo 1,99, e compre camiseta, tiaras, chapéus, pinte o rosto e se enrole na bandeira.

Veja Também: Economize na viagem de férias

Para o australiano a lista de prioridades na vida é: Trabalho, Família e Vida Selvagem. Trabalham muito, de preferência com os filhos e parentes mais próximos. Também adoram um piquenique, isso porque nos parques e nas praias há chapas a gás (algumas gratuitas) com mesas ao redor para que você aproveite o dia no parque almoçando com sua família. E a Prefeitura se encarrega de limpar o espaço utilizado depois. Se interessou? Então prepare-se para fazer as malas pois até o final do artigo, você irá descobrir Perth.

Veja Também: 7 dicas para você planejar as férias inesquecíveis

Chapa a gás em Hillarys Beach disponível para uso gratuito em Perth na Austrália
Chapa a gás em Hillarys Beach disponível para uso gratuito. Também há uma mesa coberta e o local fica iluminado até à meia noite, todos os dias.
(fonte: arquivo pessoal de Silvia Thais De Poli)

Iniciando a Viagem

É necessário solicitar visto de entrada, o qual demora em média de duas a três semanas e custa aproximadamente R$ 650 reais. Se você tem dupla cidadania é bom se informar, pois esse valor pode ser reduzido. Eu, por exemplo, entrei com o pedido do visto com a cidadania italiana e paguei apenas R$ 260 reais. Se informe com seu agente de viagens.

Veja Também: Peru: Cusco, Águas Calientes e Machu Picchu

O país exige que os brasileiros apresentem a carteira de vacinação internacional atestando a vacina contra febre-amarela com no mínimo 10 dias de antecedência da viagem.

Veja Também: Top 5 Lugares para Visitar na Colômbia

Moeda

A moeda oficial é o Dólar Australiano (A$) com a cotação variável de R$ 1 real para A$ 2,50 dólares australianos. E se acostume, o australiano adora uma moeda. Uma não, várias. Leve um porta moedas na bolsa, pois, estranhamente, as menores são as que valem mais e sem querer, você terá A$ 10, 20 em moedas espalhados pelos bolsos das calças, mochilas e deixadas no Hotel.

Veja Também: Disney: Guia de Viagem

Não é tão longe assim

Não se assuste, Perth é a terceira metrópole mais isolada do mundo e para chegar foram 26 horas de voo com escala de cinco horas em Dubai, nos Emirados Árabes.

Veja Também: Buenos Aires no verão: como é? O que fazer?

Mas esta não é a única rota possível, havendo a possibilidade de escala pela África do Sul (Johannesburg) e pelo Chile (SantiagoAuckland (Nova Zelândia) – Sidney (AUS). Independente da sua escolha, a duração da viagem será em média 25 horas.

Veja Também: Portugal: Um Guia rápido para conhecer o país

É compreensível o valor da passagem considerando a distância que será percorrida, mas não é barata e oscila conforme a proximidade de datas especiais como o Natal e Ano Novo. Você consegue comprar uma passagem fora da temporada por aproximadamente R$ 3 mil reais. Perto do Natal esse valor pode chegar a R$ 7 mil.

Veja Também: Cancún: o pulmão da Riviera Maia

O fuso horário para quem está em horário de verão (regiões sul, sudeste e centro-oeste) é de 10 horas a menos. Exemplo: se são 22 horas do dia 02 de fevereiro no Brasil, será 08 da manhã do dia 03 de fevereiro em Perth.

Veja Também: Visitando Verona: a cidade de Romeu e Julieta

Do aeroporto à Perth City

O Aeroporto Internacional de Perth opera voos domésticos e internacionais e recentemente passou por uma restruturação e revitalização.

Veja Também: Seus direitos em caso de atrasos ou cancelamentos de voos

Para chegar à Perth City você pode usar o transporte público da CONNECT que opera do terminal internacional a alguns destinos da cidade e sai a cada 15 minutos. Os bilhetes podem ser adquiridos a bordo do carro e acostume-se com o ar condicionado, que estará ligado no máximo.

Veja Também: Natal: dunas e praias exuberantes

Você também pode alugar um carro ou mesmo pegar um táxi, sendo que às vezes o preço da corrida é combinado antes de você sair do Aeroporto e alguns taxistas podem exigir o pagamento imediato.
Para mais informações, acesse o site http://www.perthairport.com.au

Veja Também: Jericoacoara: Uma das praias mais lindas do mundo

Cidade dos extremos

De dezembro a março, Perth é uma cidade quente com um céu azul imenso e é considerada uma das cidades que mais venta no mundo. O dia começa cedo e termina cedo. As lojas costumam fechar as cinco horas da tarde. Depois desse horário, apenas as grandes lojas ficam abertas. É normal aproveitar o resto do dia praticando exercícios e indo à praia.

Veja Também: Mangue Seco: A pérola da Bahia

O calor nesta época de verão é de aproximadamente 43 graus. Por isso, é comum ver na cidade as pessoas carregando protetor solar, garrafas de água e usando chapéu. Chapéus lindos, por sinal. Lindos e baratos. Em cada esquina, há uma loja da Australian The Gift com mil e uma lembrancinhas e chapéus. Conselho: compre um chapéu assim que chegar na cidade, você irá usá-lo todos os dias.

No inverno (junho, julho e agosto) faz frio e chove muito, podendo chegar à zero graus. As famosas botas UGG são genuinamente australianas e vendidas em toda cidade, pelo valor médio de A$ 200.

Veja Também: Conheça Brasília e se encante

Se puder, ande a pé

Existem diversas locadoras de carros com preços para aluguel diário ou semanal, iniciando a A$ 30 por dia. Quanto mais prolongado o aluguel, menor o preço. Também é importante incluir o Seguro neste valor, sendo o ‘Total’ o mais indicado.

Veja Também: Quer relaxar? Fortaleza é o lugar!

Para nós é complicado lembrar que eles dirigem pelo lado esquerdo, assim como os britânicos. É preciso tomar cuidado ao dirigir, mas principalmente ao atravessar a rua à pé. O risco de ser atropelado é grande, pois, como bons brasileiros, sempre olhamos para o lado direito. Quase fui atropelada, algumas vezes. Conselho: olhe para todos os lados. Mais de uma vez, porque confunde mesmo.

Sobre a carteira de motorista, é possível ao turista dirigir com uma carteira de motorista estrangeira válida para o mesmo tipo de veículo, mas se ela não estiver em inglês será preciso apresentar uma tradução. Para mais informações contate a Policia Rodoviária Estadual ao chegar.

Veja Também: Balneário Camboriú: Destino para o Verão

Mas se for possível, ande a pé. Perth é uma cidade que convida você a andar por suas ruas com fachadas coloniais inglesas, com seus restaurantes asiáticos e grandes lojas como a Meyer, David Jones, Target e K-Mart.

Veja Também: Canoa Quebrada: próximo destino

E quando for se locomover entre os subúrbios, utilize o sistema integrado de trens e ônibus. A Transperth é a empresa que oferece as linhas de trens, ônibus e ferrovias na cidade. Ao chegar na Estação Central faça um SmartRider por A$ 10, e esse será seu cartão com acesso ao transporte local. Cada subúrbio é dividido em zonas, tendo 12 zonas ao total. Quanto mais longe você for, mais caro será a passagem. Mesmo assim, sai mais barato o SmartRider do que o carro alugado com gasolina, seguro e estacionamento. Todo mundo anda de trem e deixa seu veículo nos estacionamentos das estações nos subúrbios.

No site da Transperth e nos pontos de ônibus há o ‘timetable’ (tabela) com todos os horários dos ônibus que passam por aquele ponto e os horários de todos os trens. E sim, eles passam e saem na hora.

Confira mais informações no site da Transperth, www.transperth.wa.gov.au.

Veja Também: Foz do Iguaçu: a terra das cataratas

A inglesa London Court, em Perth City na Austrália
A inglesa London Court, em Perth City, é rua dos Ourives e local em que no período de Natal neva espuma…
(fonte: arquivo pessoal de Silvia Thais De Poli)

Onde ficar

Existem diversas opções, minhas sugestões são no centro em Perth City, na praia de turista Scarborough e na descolada Fremantle.

No centro: Hotel Ibis na Murray Street, super bem localizado, no centro da cidade, perto da estação central de trem e ônibus e é onde tudo acontece. Valor médio A$120,00 a diária. (http://ibishotel.ibis.com)

Na praia dos surfistas e turistas Scarborough, o majestoso Rendezvouz Hotel com diárias de A$ 220 na baixa estação. (https://www.tfehotels.com)

Na charmosa hippie chic Fremantle você encontra o antigo, porém elegante, Rydges Hotels Resorts, na rua paralela com a principal, com diárias a A$ 200. Fremantle é o destino dos mochileiros com dinheiro, então você encontra diversos Backpackers. O mais bacana é o Old Fire Station. Mesmo se você não curte Mochileiros, visite o site, valerá a pena, pois é a cara de Fremantle, http://oldfirestation.com.au/

Veja Também: Porto de Galinhas: vá hoje e volte sempre

O preço das coisas

Não adianta, o preço é para turista. A refeição mais acessível em Perth City não sai por menos de A$ 15 por pessoa. Fora bebida e sobremesa. Na cidade é comum encontrar restaurantes de origem asiática, italianos e fast food. Se quiser algo mais sofisticado, prepare o bolso.

Veja Também: Canela uma especiaria de encanto na Serra Gaúcha

Por outro lado, os supermercados (Coles e Woolworth) oferecem alimentos prontos para o consumo. É normal você ver as pessoas com lancheiras e marmitas no centro da cidade. Conselho: entre em um Supermercado Coles e visite a seção de comidas prontas. Há uma enorme quantidade de alimentos prontos para o consumo, entre saladas de macarrão, a tortas de frango, comida indiana e tailandesa e sanduíches. A água também é cara. Uma garrafinha de 500 ml não sai por menos de A$ 3, por isso é comum você ver as pessoas carregando garrafas compradas no próprio Coles, enchendo de água nos bebedouros públicos espalhados pela cidade. No verão a cidade é quente e seca, então você vai beber muita, mas muita água.
Visite grandes lojas de Departamentos e se apaixone pelo jeito descontraído de se vestir dos australianos. Você encontra vestuário por preços muito acessíveis. Mas não se engane, é tudo made in china.

Pontos Turísticos da Serra Gaúcha

O que fazer na cidade

Tem sempre algo muito bacana acontecendo em Perth. Antes de viajar, entre no site da Prefeitura da cidade (http://www.perth.wa.gov.au/) e se informe sobre os próximos eventos. Para quem não tem muito tempo na capital, eis meus conselhos do que fazer na contagiante cidade de Perth.

1) Visite Kings Park: Aproveite um dos ônibus gratuitos da linha turismo conhecido como CAT e conheça esse fantástico parque de 400 hectares no meio da cidade. Abriga o Jardim Botânico e o Museu Aborígene.

2) Ande por Perth Cultural Centre: perto da estação central de trem você irá se surpreender com a programação cultural que a cidade oferece. Museu de Arte Moderna, Biblioteca Pública e acontecimentos descolados acontecem ao ar livre, basta você querer aproveitar. Compre um Donut Man por A$ 3,50 na lanchonete em frente à saída da estação, sente-se e curta uma sessão de cinema ao ar livre em um dos vários pufs coloridos disponíveis para a população.

3) Escolha a sua praia: Você irá se apaixonar pelo litoral da Sunset Coast. Areia branca, água cristalina e muito sol. Se puder, conheça todas, caso contrário escolha conforme o tipo da sua viagem.
Se estiver em família, visite Hillarys Beach Harbour e aproveite para conhecer o Aquário AQWA e o calçadão de Sorrento Quay. Aproveite e se delicie com um churros feito na hora ou um verdadeiro gelato italiano.
Se for badalar, visite Cottesloe, local cool para os descolados. Caso esteja com amigos e goste de uma cena cultural com arte, tipo hippie chic, visite as charmosas praias de Frematle. Mas se for surfar, aproveite Scarborough Beach e sua fama de ser a praia de tubarões.

4) Fremantle é um caso a parte e o destino de muito mochileiros. É uma cidade de estudantes universitários que ferve cultura, arte e entretenimento. Uma de suas praias é exclusiva para cachorros, então, visite e se divirta vendo um pastor alemão brincar com labradores na areia e na água.

Veja Também: Morro de São Paulo: Um paraíso no coração da Bahia

Uma das várias Dog Beach em Fremantle Perth City na Austrália
Uma das várias Dog Beach em Fremantle (fonte: arquivo pessoal de Silvia Thais De Poli)

5) Perth Zoo. Lugar amplo, com espaço para piquenique e muitas atrações. Tem coalas, cangurus, crocodilos, demônio da tasmânia e outros genuinamente australianos.

6) Faça um cruzeiro pelo Swan River e aproveite para degustar vinhos e chocolates da produção regional enquanto passeia por arranha-céus até as praias e a ilha de Rottnest.

Veja Também: As 10 melhores praias do Rio de Janeiro

Vida Selvagem

Nem pense em matar uma barata por aqui. Os australianos respeitam muito a vida selvagem, por isso, não alimente os pássaros nos parques e as gaivotas nas praias. Isso não é bem visto.

Por falar em parques, é interessante que a cada dois quilômetros nos subúrbios há um parque com a grama cortada, bebedouros funcionando e parquinho com brinquedos novos e bem cuidados para as crianças.

Veja Também: São Sebastião além de Maresias

Beber, cair, levantar

Talvez não seja o melhor título, mas define com precisão o comportamento do jovem australiano. Eles bebem muito, muito, muito. E voltam para casa de trem. Caindo, levantando e descendo na estação. O último trem geralmente é o dos que estão realmente bêbados. Conselho: quando sair com os amigos, escolha o penúltimo ou antepenúltimo trem. Geralmente é o trem dos casais e do pessoal mais sóbrio. Se você for pego dirigindo embriagado a multa é bem pesada, por isso, a festa acaba no horário do último trem da noite.
A vida noturna é agitada e começa cedo. A partir das 17 horas as pessoas se encontram nos bares pela cidade. Mas termina cedo. Dificilmente terá um bar aberto depois da meia noite.

Veja Também: Bombinhas: um paraíso para visitar até embaixo d’agua

E aí, não parece ser muito interessante? Nas suas próximas férias descubra que o mundo é mais do que o eixo EUA-Europa e se programe para visitar a Austrália. Mas esteja preparado para se apaixonar por Perth.
E a propósito, o cenário do filme Crocodilo Dundee existe. No interior. Mas esse é assunto para outro artigo. Aussie, Aussie, Aussie, Oi, Oi, Oi. Boa viagem!