O Rio Grande do Sul é um dos estados mais procuradas para o turismo no Brasil, especialmente a região serrana onde, dentre tantas atrações, está o famoso Vale dos Vinhedos, também chamado de “Toscana brasileira”, cujo ponto central é a cidade de Bento Gonçalves.

É claro que, uma das principais atrações da região são as vinícolas, muitas das quais oferecem tour e degustação de vinhos. Algumas são mais conhecidas que as outras e, recomendamos pelo menos uma dia para conhecer duas ou três, as que você preferir.

A título de sugestão, citamos:

  • Casa Valduga;
  • Miolo;
  • Don Laurindo e;
  • Cave de Pedra, algumas das mais famosas da região.

Mas, a região oferece ainda outras opções de passeios e belos lugares para se conhecer.

Veja Também: 6 lugares da Serra Gaúcha que você tem que conhecer

1 – Maria Fumaça

Maria Fumaça - Serra Gaúcha
Crédito editorial: Luiz Barrionuevo / Shutterstock.com

Entrar no famoso trem é como entrar em um outro mundo, ou pelo menos em um outro país. A viagem entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, com parada em Garibaldi, pode ser feita em ambos os sentidos e tem um percurso de apenas 23 quilômetros, que são percorridos em duas horas. Duas horas da sua vida que serão inesquecíveis!

Em alguns momentos, fica quase impossível saber o que aproveitar: se a estonteante vista do lado de fora do trem, se o delicioso espumante, oferecido durante o trajeto ou as atrações que passam a todo tempo. São grupos de música e dança da região, que encantam os passageiros com tarantelas e outros passos típicos da região.

É um passeio para todas as idades, ao mesmo tempo divertido, romântico, cultural, encantador mas, acima de tudo, inesquecível…

Veja Também: Passeios na Serra Gaúcha: Tour Uva e Vinho, Rota Cervejeira, Noite Gaúcha e muito mais

2 – Caminhos de Pedra

Casa da Erva Mate, Vale dos Vinhedos - Serra Gaúcha
Foto: commons.wikipedia.org

Uma rota de turismo rural de cerca de 12km, repleta de atrações para todos os gostos e idades.

Foi transformada em rota turística como forma de preservação das inúmeras casas históricas que fazem parte do caminho, a maioria feita de pedras e madeira. Em muitas casas, o visitante é recebido pelos descendentes das próprias famílias colonizadoras, que administram alguns dos comércios até os dias atuais.

Há muitas atrações no local, como vinícolas, restaurantes e alguns pontos mais específicos que retratam as tradições das famílias italianas, como:

  • A casa da ovelha;
  • A casa dos tomates;
  • Casa dos queijos;
  • Casa das massas e;
  • Casa da erva mate.

Em cada um desses lugares, aprende-se um pouco da história e da cultura local. É praticamente impossível visitar cada um desses lugares, da maneira como eles merecem ser visitados, em um único dia.

É preferível conhecer apenas alguns deles, de forma mais calma, e apreciar a riqueza dos detalhes do local, do que apenas passar por todos eles rapidamente.

Veja Também: Pontos Turísticos da Serra Gaúcha

3 – Parque da Ovelha

Casa da Ovelha, Vale dos Vinhedos - Serra Gaúcha
Foto: commons.wikipedia.org

Que tal, passar um belo dia em uma fazenda com uma bela vista da Serra Gaúcha, como se fosse um camponês local? Esse é mais um dos passeios pelo Vale dos Vinhedos que, apesar de fazer parte da rota Caminhos de Pedra, merece uma atenção especial.

O local oferece atrações onde se tem a possibilidade de vivenciar a rotina de uma fazenda de ovinos e leiteiros.

  • Dar mamadeira os bebês ovelhas e alimentar os adultos;
  • Conhecer um verdadeiro rebanho, com a presença de cães pastoreios;
  • Entender sobre a importância de tosquiar uma ovelha da forma correta e;
  • Ver o voo de aves de rapina, como falcões e gaviões são um dos atrativos do local.

Há ainda, degustação de alguns produtos da loja Casa da Ovelha, como queijos. O local tem uma lojinha que vende produtos da região.

Veja Também: 10 Lugares para se visitar em Gramado

4 – Parque Epopeia Italiana

Epopeia Italiana, Vale dos Vinhedos - Serra Gaúcha
Crédito editorial: R.sartori / Shutterstock.com

Alguns chamam de teatro, mas não é exatamente a melhor maneira de descrever essa experiência. Sim, há um espetáculo, há atores, cenários. Mas, a visitação é muito mais do que uma peça. É, como o próprio nome já diz, acompanhar uma verdadeira epopeia.

Um casal de imigrantes italianos são os narradores, os expectadores os acompanham por nove cenários diferentes, em uma apresentação que dura aproximadamente 40 minutos. A apresentação dos atores é bastante divertida e também interativa, é uma emocionante aula de história sobre imigração dos primeiros italianos para o sul do Brasil. Isso, sem falar que, os cenários são muito bonitos e muito bem feitos. Uma verdadeira viagem no tempo…

Veja Também: Hotéis em Gramado que vão Deixar Você de Queixo Caído

5 – Parque de Aventuras Gasper

Parque Gasper, Vale dos Vinhedos - Serra Gaúcha
Foto: Site Oficial – parquegasper.com.br

Um paraíso ao ar livre no Vale dos Vinhedos. Assim pode ser definido o cenário do Parque Gasper, famoso pela prática de esportes ao ar livre. Mas, até os que não são adeptos da prática, não tem como deixar de se encantar com o local e a bela vista da Serra Gaúcha.

Para os amantes dos esportes, principalmente os radicais, são várias as opções, como:

  • Bungee jump;
  • Tirolesa;
  • Escalada;
  • Rapel;
  • Arvorismo;
  • Paintball;
  • Tiro ao alvo e;
  • Passeios de quadriciclo.

Uma atração especial, chamada superman, os aventureiros encaram uma plataforma de 40 metros de altura e são soltos em um paredão com mais de 180 metros, dando a sensação que estão voando.

As atividades não estão incluídas na entrada do parque e são pagas individualmente ou em combos. Mas, para quem quer apenas curtir o visual e relaxar, comendo e bebendo, há um restaurante que funciona de sexta a domingo ou ainda a possibilidade de alugar churrasqueiras para grupos e fazer um típico churrasco gaúcho.

Veja Também: Canela uma especiaria de encanto na Serra Gaúcha

6 – Moinho Graciema

Moinho Graciema, Vale dos Vinhedos - Serra Gaúcha
Foto: Site Oficial – moinhograciema.com.br

Quem disse que no Vale dos Vinhedos é possível tomar apenas vinhos, espumantes e suco de uva?

O Rio Grande do Sul é um dos maiores produtores de cerveja do Brasil, especialmente as artesanais, que são mais encorpadas, saborosas e variadas, do que as produzidas industrialmente. Também é possível aprender muito sobre cervejas na região da Serra Gaúcha.

Um bom lugar para isso é o Moinho Graciema. O Moinho possui um espaço aberto à visitação, além de um grande empório que comercializa vários tipos de produtos. Não há uma visita guiada, mas os funcionários são muito atenciosos sobre os turistas e dão verdadeiras aulas sobre os diferentes tipos de cerveja.

O empório, também comercializa outros tipos de produtos, como geleias, sucos e molhos, há sempre degustação. Isso, sem falar que, o lugar é lindo e os produtos deliciosos.