Munique, Alemanha: O que ver e fazer na capital da Bavária (Baviera)

Um destino que é palco cenários que nos remetem a verdadeiros contos de fadas.

É preciso fôlego para aproveitar tudo o que pode oferecer a capital da Bavária! São castelos, museus, praças – atrações não faltam em Munique!

Em 1158, o barão Henry Guelph, o Leão, fundava a cidade, que hoje é cosmopolita, industrializada, próspera, turística, localizada no sul da Alemanha.

Veja Também: Rota Romântica na Alemanha entre castelos e paisagens

Por que ir a Munique?

Casas góticas coloridas tradicionais na cidade velha de Landshut, cidade histórica na Baviera em Munique - Alemanha

Você precisa conhecer a capital da Bavária, porque tem uma história riquíssima e oferece ao visitante atrações para todos os gostos, sem falar na gastronomia alemã de qualidade.

São itens históricos preservados que contam muito da história alemã através dos tempos. A movimentação urbana facilita muito essa tarefa, pois conta com meios de transportes limpos e modernos. Mas, para que tudo isso seja aproveitado, é preciso ficar atento a certos detalhes, como a época ideal para visitar Munique.

Além disso, bons motivos para visitar a cidade é que ela é essencialmente verde (muitíssimo arborizada), antiga e moderna ao mesmo tempo, ótima para crianças, uma cidade festeira o ano todo.

Veja Também: 5 fatos que aumentarão sua vontade de conhecer a Europa

Qual a melhor época para visitar Munique?

Decoração natalina em Munique - Alemanha

Os meses de julho e agosto são efervescentes no hemisfério norte, pois é o período de férias por lá. Por conta disso, os preços tendem a ficar bem salgados. Contudo, é nesse período que as temperaturas estão bem agradáveis, possibilitando conhecer com mais detalhes muitas das atrações da cidade.

Dezembro e janeiro são meses de temperaturas muito baixas, inclusive com neve, mas mesmo nesse período, vale à pena desfrutar da bela decoração natalina em Munique.

Contudo, se a intenção é economizar, prefira os meses de abril e maio, quando os preços tendem a cair muito e as temperaturas começam a ficar mais agradáveis.

Veja Também: 12 destinos turísticos da Europa que você precisa conhecer

O que fazer em Munique?

Turista visitando pontos turísticos em Munique - Alemanha

Conforme falamos no início, é preciso ter fôlego para aproveitar tantas atrações, pois a cidade é um destino certo de muitos turistas que se encantam com a beleza do local.

Veja alguns roteiros que você não deve perder!

Igrejas

Alter Peter (St. Peter)

Igreja de Alter Peter em Munique - Alemanha

Trata-se da primeira igreja, fundada em 1158, antes mesmo da fundação da cidade. Após sofrer um incêndio em 1327, foi reconstruída, e hoje é um dos pontos turísticos mais procurados de Munique.

A igreja é um belo exemplo do estilo gótico. Do alto de sua enorme torre é possível ter uma das visões mais emblemáticas da cidade.

Veja Também: 14 destinos baratos para conhecer na Europa

Catedral de Nossa Senhora Bendita

Catedral de Nossa Senhora Bendita em Munique - Alemanha

É nela que se encontra o mausoléu do rei Ludwig I, também possui torres (duas) que podem ser visitadas pelo turista, possibilitando uma vista privilegiada dos arredores.

Reza a lenda que o diabo, ao tentar destruir a igreja, deixou uma marca na catedral, que seria sua pegada. É a maior igreja da Bavária.

Veja Também: 7 destinos imperdíveis na Europa para amantes de praia

Panteão dos Reis da Baviera

Igreja de São Caetano em Munique - Alemanha

Também conhecida como Igreja de São Caetano, já se tornou notória por sua cor amarela, muito popular, nela é possível visitar os túmulos dos reis bávaros.

Sofreu muito com a Segunda Grande Guerra, mas, a exemplo da Alter Peter, foi reconstruída, e exemplifica bem a arte do estilo rococó e barroco.

Veja Também: Europa: Saiba economizar na Viagem ao velho Continente

Monumentos

Bavária

Estátua da Baviera em Munique - Alemanha

A estátua, que dá nome à região famosa, é feita em bronze, datada do século XIX. O grandioso monumento personifica a mãe bávara em sua força e glória.

Foi forjada pela Forja de Munique entre os anos 1844 e 1850. Faz parte de um complexo que engloba uma enorme escadaria e o Ruhmeshalle (uma espécie de Hall da Fama).

Veja Também: 5 dicas pra você saber como economizar num mochilão pela Europa

Anjo da Paz

Anjo da Paz em Munique - Alemanha

O monumento possui uma coluna de 38 metros no estilo coríntio, e está localizado no Maximilian Park. Em seu topo está a personificação de Nike, deusa grega da vitória.

Veja Também: 7 dicas sobre como viajar de trem pela Europa sem gastar muito

Propylaea

Propylaea em Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: Mikhail Markovskiy / Shutterstock.com

Trata-se de um conjunto de colunas e pórticos lembrando um portal majestoso.

Foi concebido pela Ordem Dórica e finalizado por volta de 1862 por Leo von Klenze. A intenção do autor foi se aproximar da Acrópole de Atenas e objetivou lembrar a ascensão de Otto da Grécia, filho do rei Ludwig I da Bavária.

Veja Também: 13 cidades medievais que farão você viajar de volta no tempo

Portais da Cidade

Na verdade, trata-se de um conjunto de 3 monumentos localizados em locais diferentes. São portas da cidade de Munique que remetem à Idade Média, quando Munique era cercada por muralhas (quatro, na verdade). Destas, apenas três foram conservadas. São elas:

Sendlinger Tor

Portal Sendlinger Tor em Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: serifetto / Shutterstock.com

Localizada ao sul, e também a mais antiga das entradas, é datada de 1313. Era usada como passagem para os comerciantes, possuindo um enorme arco como passagem.

Veja Também: Os 12 lugares mais lindos do mundo para você colocar no seu roteiro de viagem

Karlstor

Portal Karlstor em Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: travelview / Shutterstock.com

Muito conhecida na cidade, essa porta passou por restauração por conta de explosão, uma vez que, inicialmente, era uma fábrica de pólvora. Embora tenha perdido uma de suas três torres, a reconstrução no estilo neogótico foi um sucesso, sendo muito visitada pelos turistas.

Veja Também: 5 lugares incríveis ao redor do mundo que poucas pessoas conhecem

Isartor

Portal Isartor em Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: BAHDANOVICH ALENA / Shutterstock.com

Tem esse nome porque em suas proximidades está o rio Isar. Datada de 1337, também sofreu com as agruras da Segunda Grande Guerra, mas após sua restauração, teve sua estrutura original conservada, sendo a única das três portas que conserva sua torre original.

Veja Também: Top 10 cidades futuristas que provam que o futuro já começou

The Walking Man

The Walking Man em Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: nitpicker / Shutterstock.com

Uma obra relativamente moderna, pois é datada de 1995, foi esculpida por Jonathan Borofsky, possuindo 17 metros de altura e pesando 16 toneladas.

Borofsky foi um dos seis artistas que competiram pela construção da escultura, que inicialmente foi idealizada em Los Angeles, Estados Unidos, e levou mais de um ano para ser terminada.

Para seu transporte até Munique, foi dividida em três partes. Esse monumento é muito conhecido pelo público por conta de suas dimensões e aspecto curioso e moderno.

Veja Também: 10 destinos incríveis para você fazer uma viagem diferente

Englischer Garten (Jardim Inglês)

Englischer Garten em Munique - Alemanha

A palavra “jardim” torna-se inapropriada para o tamanho e diversidade do local. Essa enorme área verde, um gigantesco oásis em plena cidade, é local obrigatório para qualquer visita Munique. Sua origem remonta a, pelo menos, fins do século XVIII, e, desde então, os visitantes têm sido contemplados com um espetáculo da natureza.

Sua área gigantesca abriga variadas tribos e manifestações, sem falar nos Biergartens, que são locais para a degustação de uma boa cerveja alemã.

É possível encontrar pessoas praticando esportes, lendo seu livro favorito, fazendo contato com novas culturas, já que o espaço congrega gente de inúmeras procedências.

Já que falamos em cerveja, não deixe de visitar um dos mais famosos Biergartens do local, conhecido como Torre Chinesa (ou Biergarten Am Chinesischer Turm), onde, além de apreciar a boa cerveja local, ainda é possível desfrutar da música bávara em seus mais de 7 mil lugares. O jardim é harmonioso e multicultural.

Veja Também: As 15 mais belas ruas floridas do mundo que parecem ter saído de um conto de fadas

Neuschwanstein (Castelo de Contos de Fadas)

Neuschwanstein em Munique - Alemanha

O rei da Baviera, Ludwig II, o louco, mandou construir essa magnífica obra que fica localizada em um local com todos os ingredientes de um verdadeiro conto de fadas.

Região montanhosa exuberante de floresta, próxima a cascatas, este castelo é disputadíssimo entre os visitantes, que precisam ter paciência para visitá-lo. Afinal, são mais de 6 mil visitantes ao dia em período de alta temporada.

Há quem diga que o castelo inspirou Walt Disney na criação do desenho Cinderela e na construção do Castelo da Bela Adormecida.

Veja Também: Vale a pena contratar um seguro viagem internacional?

Outras curiosidades:

O monarca que mandou construir o castelo era bem tímido, e a construção serviria para mantê-lo longe das pessoas.

Os ambientes do castelo são temáticos, a pedido do rei, e sua construção recebeu o que tinha de mais moderno em suas instalações, como aquecimento e sistema de descargas com água corrente.

Uma vez que o terreno em que foi construído não é muito estável, é feito um monitoramento constante para garantir a segurança dos visitantes.

Veja Também: 6 situações constrangedoras que você pode evitar com um seguro viagem

Dicas importantes:

O passeio dura cerca de 35 minutos apenas, (estudantes até 18 anos e crianças não pagam).

A fim de conhecer este maravilhoso castelo, você precisa ir de trem de Munique até a bela cidade de Füssen, que fica bem pertinho do local. De lá, siga de ônibus até o Neuschwanstein.

Veja Também: Os 20 destinos internacionais mais baratos para viajar

Viktualienmarkt

Viktualienmarkt em Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: FooTToo / Shutterstock.com

Nenhuma viagem que se preze está completa se não visitarmos um mercado, e esse em especial, é bastante aconchegante e diversificado.

São inúmeras barracas de flores, frutas e legumes para todos os gostos. Nele você pode degustar delícias locais, como os famosos pretzels, queijos e vinhos, além, claro, da tradicional cerveja bávara.

A localização é facílima, bem no centro de Munique, pertinho da Marienplatz. Funciona todos os dias, exceto aos domingos.

Veja Também: 10 Destinos Perfeitos Para Quem Gosta de Aventura

Hofbräuhaus

Hofbräuhaus em Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: FooTToo / Shutterstock.com

Pense em uma cervejaria típica alemã, cheia de história para contar!

Funcionando desde 1589 por obra do duque William V, a cervejaria já recebeu visitas ilustres, como Lênin e Mozart. Além da bebida, oferece o que de mais típico existe na culinária bávara, ostentando a fama de ser um local, além de super agradável, com preços bem em conta.

Você não pode deixar de provar o Weisswurst, as famosas salsichas brancas de fabricação própria. A Hofbräuhaus abre todos os dias até, quase, à meia-noite.

Veja Também: 7 coisas que você precisa saber antes de passar pela alfândega

Marienplatz

Marienplatz, Munique - Alemanha

Não poderíamos deixar de fora um local para compras, e este espaço, bem próximo à prefeitura, reúne muitas lojas de grife e grandes lojas de departamento. Ao visitar o espaço, não deixe de prestar atenção ao casario histórico ao redor muito bem conservado.

Veja Também: 6 dicas para você tirar fotos incríveis de si mesmo viajando sozinho

Olympiapark

Olympiapark, Munique - Alemanha

Na verdade, um complexo esportivo/recreativo, que abrange um campo de futebol, piscinas, lagos, restaurantes. Foi sede das Olimpíadas de 1972.

Durante o verão, o espaço também serve como palco para concertos de música ao ar livre.

Veja Também: 6 coisas inúteis que você coloca na mala de viagem

Vida noturna

Munique possui uma grande variedade de locais onde você pode se divertir à noite. A vida noturna desta cidade é bem agitada. Eis algumas sugestões:

Oktoberfest

Oktoberfest, Munique - Alemanha
Crédito de atribuição editorial: anandoart / Shutterstock.com

Uma vez que a cidade é bastante festeira, com comemorações praticamente o ano todo, iremos abordar talvez a mais famosa de todas.

A Oktoberfest é a festa da cerveja mais conhecida no mundo, atraindo gente de toda parte. O evento ocorre bem perto do centro da cidade, na região conhecida como Theresienwiese, um tipo de parque de diversões. Vai de meados de setembro até a primeira semana de outubro. Aqueles que querem conhecer a festa precisam ficar atentos para alguns detalhes:

  • Embora a entrada seja franca, o pagamento do que se consome (bebidas e comidas) precisa ser feito em dinheiro (Euros);
  • Crianças são permitidas até às 20h acompanhadas dos pais;
  • As reservas em hotéis precisam ser feitas com antecedência, sob pena de valores bem altos;
  • E, aquela caneca que você recebe na entrada, tão cobiçada, precisa ser devolvida ao final e não pode ser adquirida.

Veja Também: 6 coisas que você não pode levar na mala numa viagem de avião

Distrito de Schwabing

Leopoldstrasse, Munique - Alemanha

O distrito de Schwabing é uma área que fica ao sul da cidade, onde se concentra a maior efervescência noturna de Munique. É uma área bem servida pelo metrô e que congrega bares e clubes nas ruas Leopoldstrasse, Hohenzollernstrasse.

Veja Também: 8 países para viajar sem visto nem passaporte

Veja agora alguns bares com vida noturna intensa:

P1Club – É um bar muito frequentado por celebridades e pessoas bem sucedidas. Só não abre aos domingos. Está situado na Prinzregentenstrasse 1.

Backstage – Fica na Reitknechstrasse 6, atrai uma plateia mais descolada e alternativa, principalmente os amantes do rock.

Kultfabrik – Na verdade, trata-se de uma área de mais de 6 mil metros quadrados dedicada à vida noturna, parques de diversão, bares, cinemas, salas de exposições, discotecas. É onde a juventude encontra espaço para se divertir conforme o gosto e o bolso de cada um.

Cada estabelecimento possui uma característica de cobrança. Enquanto alguns cobram a entrada, outros têm o ingresso liberado. Dentro da Kultfabrik, destacamos o Americanos, Titty Twister e o Living 4.

Veja Também: 5 dicas para você planejar sua viagem e não ter imprevistos

Como se locomover em Munique?

A cidade de Munique possui um sistema de transportes muito eficiente. O visitante pode contar com ônibus, metrô, trens e bondes. Os tíquetes de embarque devem ser adquiridos em quiosques localizados nos pontos de ônibus, bondes, estações de metrô e trens.

Além do alemão, as máquinas estão programadas para informarem em inglês e espanhol. Para seu conforto, essas máquinas de tíquetes costumam apresentar mapas de toda Munique. Isso irá facilitar muito sua locomoção. É importante validar os tíquetes comprados a fim de evitar problemas com os fiscais.

Uma dica bem bacana é saber com sua agência de viagens como adquirir o City Tour Card, que é um cartão que dá direito a usar o transporte público conforme suas necessidades.

Ao pensar em alugar um automóvel para se locomover na cidade, saiba que a malha de transportes urbanos de Munique, além de ser bem diversificada, é de excelente qualidade. Portanto, prefira o transporte público.

As indicações de atrações e espaços de visitação englobam apenas um pouco do muito que Munique tem a oferecer aos visitantes.

Redação Bolsa de Viagemhttps://www.bolsadeviagem.com.br/
Dicas de viagem para você escolher os melhores destinos, melhores hotéis, melhores passeios, promoções de passagens aéreas e conhecer as praias mais bonitas

Junte-se a nossa newsletter!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Assinando a newsletter você aceita receber e-mails do Site Bolsa de Viagem. Você poderá cancelar o recebimento a qualquer momento.

Últimas Publicações

Como ir do aeroporto de Porto Alegre à Gramado

Ônibus, transfer, táxi, Uber ou carro alugado? Descubra qual a melhor forma de ir do aeroporto de Porto Alegre à Gramado.

Rota das Emoções: As melhores praias e os melhores passeios

A Rota das Emoções vem ganhando o coração de turistas Brasil afora por suas belezas e encantos naturais a perder de vista. Veja!

13 destinos baratos para viajar em setembro de 2020

Saiba quais são os destinos mais baratos para viajar em setembro de 2020 e planeje sua viagem com antecedência, gastando menos do que imagina.

Cracóvia: O que fazer na segunda maior cidade polonesa

Os patrimônios culturais e artísticos fazem de Cracóvia uma das cidades mais lindas da Europa. Saiba quando ir e o que fazer neste belíssimo destino.

5 das melhores praias para surf em Ubatuba

As praias para surf em Ubatuba, além de possuírem condições perfeitas para a prática do esporte, também são belíssimas, com serras e vegetação exuberante.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR