Ao pensamos no Peru logo passa por nossa cabeça Machu Picchu. Realmente este lugar é belíssimo, mas o país é muito mais do que isso. O Peru é um país de infinitas riquezas culturais e paisagens bonitas.

Geralmente, a primeira parada para os brasileiros que vão ao Peru é Lima, por onde chegam os voos de algumas das cidades do Brasil.

Veja Também: Supreenda-se com Perth: A Capital mais charmosa da Austrália

Para os mais aventureiros, há a possibilidade de chegar por ônibus: a empresa Ormeño tem um ônibus que sai da rodoviária do Tietê, em São Paulo, e segue até Lima. O trajeto total (de quase 6.000 quilômetros) custa por volta de R$ 600,00 e dura 5 dias. O ônibus passa por Cusco e Nazca.

Lima tem um clima desértico e não chove, apesar disso, é bastante florida.

Caminhando por Lima, Peru
Caminhando por Lima, Peru. – Foto de Maria Helena Martins Cerdán

Peru: Guia de Viagem

Para se locomover por Lima (e por todo o Peru) é fácil usar táxi, que é barato – apesar de os taxistas cobrarem mais caro dos turistas. Fique atento, pois não há taxímetro na maioria dos carros, então combina-se o preço na hora de embarcar.

Veja Também: Top 5 Lugares para Visitar na Colômbia

Lima, Peru
Lima, Peru. – Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves

Visite o Shopping Larcomar. Mesmo para aqueles que não gostam de compras, o lugar tem uma vista espetacular do oceano Pacífico e permite tirar fotos bem bonitas, sobretudo do pôr-do-sol.

A vista também é bonita em Barranco, que é um pouco mais afastado do centro, mas que vale a pena conhecer.

Veja Também: Disney: Guia de Viagem

Barranco Peru
Barranco. – Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves

Lima está no litoral, mas não tem praias boas para banho, pois a maior parte delas não tem areia, mas sim pequenas pedras.

Veja Também: Buenos Aires no verão: como é? O que fazer?

Praia em Lima, Peru
Praia em Lima, Peru. – Foto de Maria Helena Martins Cerdán.

Aqueles que vão atrás de cultura vão gostar de visitar o Museo Rafael Larco Herrera, com peças do mundo pré-colombiano.

Museu Rafael Larco Herrera em Peru
Museu Rafael Larco Herrera – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

A Huaca Pucclana, um sítio arqueológico no meio da cidade, é uma opção interessante para você descobrir mais sobre essa cultura antiga.

Veja Também: Portugal: Um Guia rápido para conhecer o país

Huaca Pucclana, Lima, Peru
Huaca Pucclana, Lima, Peru. – Foto de Maria Helena Martins Cerdán
Reprodução do cotidiano da Lima pré-colombiana, Huaca Pucclana
Reprodução do cotidiano da Lima pré-colombiana, Huaca Pucclana. – Foto de José Cerdán Galves Júnior

À noite, não deixe de conhecer o Parque de las Aguas. Um lugar com muitas fontes de água, coloridas, musicais, que encantam a todos.

Parque de las Aguas, em Lima no Peru
Parque de las Aguas, em Lima. – Fotos de Iracema Cerdan Zavaleta Galves.

Geralmente, os turistas que vão ao Peru, vão para o sul rumo à Machu Picchu. A nossa opção aqui é ir ao norte, conhecer outros caminhos, igualmente interessantes. Por isso, de Lima vamos à Trujillo. O trajeto pode ser feito em avião (1 hora) ou ônibus (cerca de 9 horas de viagem). Algumas das melhores empresas de ônibus no Peru são: Linea, Ormeño e Ittsa.

Veja Também: Cancún: o pulmão da Riviera Maia

O avião é um meio mais cômodo e tranquilo; mas viajar pelas estradas do Peru é diferente para nós, brasileiros, pois passa pelo deserto, mostrando uma paisagem diferente aos nossos olhos.

Estrada Panamericana Norte (caminho de ônibus de Lima a Trujillo)
Estrada Panamericana Norte (caminho de ônibus de Lima a Trujillo) – Fotos de Maria Helena Martins Cerdán

Trujillo, assim como Lima, está no litoral. A atração mais bonita da região é o Sítio Arqueológico Chan Chan, que está a cinco quilômetros do centro da cidade.

Chan Chan é uma cidade antiga feita totalmente de barro. Os arqueólogos ainda trabalham para restauração de boa parte do local, mas mesmo assim é possível ter uma ideia de como era a vida num período que antecede os incas.

Veja Também: Visitando Verona: a cidade de Romeu e Julieta

Reprodução do cotidiano no Museo Chan Chan
Reprodução do cotidiano no Museo Chan Chan
Foto tirada por Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar
Sítio Arqueológico Chan Chan no Peru
Sítio Arqueológico Chan Chan. – Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves.

Além do Chan Chan, você pode dar uma esticadinha até a praia. Huanchaco tem uma agradável orla para passear e se distrair. No local, às vezes tem campeonatos de surf.

Veja Também: Kit Praia: saiba o que você precisa levar

Huanchaco no Peru
Huanchaco. – Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves.

Mais ao norte do Peru tem Cajamarca, região importante para a história peruana, local onde os espanhóis aprisionaram Atahualpa, o último imperador inca.

Cumbemayo, Peru
Cumbemayo, Peru. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

A viagem de Trujillo até ali dura aproximadamente 6 horas. Ali, pode-se disfrutar do Baños del Inca (local com piscinas com águas termais), ver o Cuarto del Resgate (construção datada da época da conquista espanhola, cujo quarto ficou repleto de ouro para pagamento do resgate do Inca capturado), caminhar até o Mirador Santa Apolonia e passear em Cumbemayo (um pouco mais distante da cidade).