Mais ou menos nove horas separam o Brasil do México. A chegada geralmente é pela Cidade do México, capital do país e uma das maiores cidades do mundo. Há infinitas atrações turísticas ali, veja algumas delas a seguir:

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

  • Plaza Mayor: uma praça enorme localizada no centro da cidade. Nos fins de semana tem uma feira de artesanato e apresentações de danças indígenas. A praça também é o local onde acontecem muitos dos eventos e manifestações do México.
  • Templo Mayor: localizado na Plaza Mayor, bem no centro da cidade. A capital mexicana, para os povos astecas chamava-se Tenochititlan e estas são ruínas de um de seus principais templos.

Veja Também: Buenos Aires no verão: como é? O que fazer?

Templo Mayor Cidade do Mexico
Panorâmica do Templo Mayor, Cidade do México. – Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves.
  • Torre Latinoamericana: o primeiro arranha-céu mexicano, começou a ser construído em 1949. Hoje abriga um mirador, por onde é possível admirar a cidade; um restaurante, onde se pode desfrutar de uma agradável refeição com uma vista incrível da cidade; uma loja de souvenires; e o Museo Bicentenário.

Veja Também: Mochilando pelo Norte do Peru

Torre Latinoamericana, Cidade do México
Torre Latinoamericana, Cidade do México. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.
  • Museo Frida Kahlo: local que abriga parte da história de uma das mais importantes artistas mexicanas. O museu mostra de modo belo a relação entre a vida de Frida e sua obra.
  • Bosque Chapultepec: na época pré-colombiana era um bosque sagrado, hoje o parque é local de lazer para os mexicanos. Nele, se concentram muitas atrações da cidade, dentre elas: a Escuela Nacional de Danza Folklórica, o Museo de Historia y Antropología, o Museo de Historia Natural, o Museo de Arte Moderno, o Zoológico, o Jardín Botánico, lagos e restaurantes.
  • Museo Soumaya: museu privado, sem fins lucrativos, que oferece exposições de arte.

Veja Também: Supreenda-se com Perth: A Capital mais charmosa da Austrália

Museo Soumaya, Cidade do México
Museo Soumaya, Cidade do México. – Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves.

Basílica de Guadalupe: Nossa Senhora de Guadalupe é a padroeira do México e este é o santuário dedicado a ela.

Basílica de Guadalupe, México
Basílica de Guadalupe, México. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

Turismo pelo México

Perto da Cidade do México, a mais ou menos uma hora e meia de viagem em ônibus, está Teotihuacán. O local foi um centro urbano e hoje pode-se apreciar pirâmides antigas.

Veja Também: Peru: Cusco, Águas Calientes e Machu Picchu

Teotihuacán, México
Teotihuacán, México. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

A 5 horas da Cidade do México está Guanajuato. A cidade não é um destino turístico muito procurado por brasileiros, mas tem a Casa Museo de Diego Rivera, um grande pintor mexicano que foi casado com Frida Kahlo.

Na cidade está também o Museo de las Momias. Esse museu abriga vários corpos não decompostos de pessoas que foram enterradas no cemitério da cidade. O guia do museu explica a seus visitantes que esse fenômeno é comum acontecer na região devido ao clima seco. É um passeio um tanto quanto mórbido, mas, no mínimo, interessante.

Veja Também: Top 5 Lugares para Visitar na Colômbia

Museo de las Momias, Guanajuato
Museo de las Momias, Guanajuato. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

O Hotel Casa Colorada é um excelente lugar para se hospedar ou, pelo menos, fazer uma refeição. Situado em cima de uma montanha, a vista do local é bastante bonita.

Acapulco, bem conhecida pelos brasileiros devido ao episódio do Chaves, é uma cidade litorânea, um dos principais destinos turísticos do país. Quem vai para lá não pode deixar de ir até La Qubrada. Vsitar o Fuerte San Diego e o museu que encontra-se ali também é uma opção para conhecer um pouco da história da região.

Veja Também: Disney: Guia de Viagem

La Quebrada Acapulco no México
La Quebrada, Acapulco. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

A região mais procurada para turismo no México, sem dúvida é Cancún, com toda sua agitação noturna, suas praias paradisíacas e a presença maia em seus arredores. A Zona Hoteleira é o lugar da badalação, por ali também pode-se comprar passeios interessantes, como por exemplo, Chichen Itzá ou Xcaret.

O Chichen Itzá é interessante para quem quer conhecer um pouco da cultura maia, o lugar é repleto de histórias e lendas.

Veja Também: Cancún: o pulmão da Riviera Maia

Chichen Itzá no México
Chichen Itzá. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

Já o Xcaret é um passeio agradável para aqueles que buscam diversão em um parque temático. Dentre as atrações do local estão: nadar em um rio usando boia e snorkel, nadar ou usar boia em praias artificiais, visitar uma aldeia maia e entrar em um “mariposario” (borboletário).

Veja Também: Portugal: Um Guia rápido para conhecer o país

Show no final da tarde em Xcaret no México
Show no final da tarde, em Xcaret. – Foto de Elí Wilfredo Zavaleta Aguilar.

Playa del Carmen, Isla de las Mujeres ou Cozumel são outros pontos turísticos para aqueles que visitam Cancún.