Cracóvia é a antiga capital da Polônia. Graças às suas lindas construções no estilo gótico, renascentista e barroco, o antigo centro da Cracóvia foi declarado pela Unesco como Patrimônio da Humanidade. Hoje em dia, ela permanece como uma das suas cidades mais importantes.

Os patrimônios culturais e artísticos fazem da cidade uma das mais lindas da Europa. Sem falar no ótimo estado de conservação em que se encontram suas construções. Todos os anos, a cidade recebe milhões de turistas do mundo inteiro.

Antes de mais nada, quem vai viajar para a Cracóvia deve pesquisar um pouco sobre a história da cidade e conhecer as principais informações práticas.

Depois, é só viajar e aproveitar tudo o que a cidade tem a oferecer de melhor, como a simpática recepção dos anfitriões, os museus e as suas belas construções.

Para ajudar, separamos abaixo as principais informações sobre a cidade que todo turista precisa saber. Confira!

Veja 5 fatos que aumentarão sua vontade de conhecer a Europa

O que saber antes de viajar para Cracóvia

Castelo real, histórico, de Wawel em Cracóvia, Polônia
Castelo real, histórico, de Wawel em Cracóvia, Polônia
  • Idioma: o idioma oficial da Cracóvia é o polonês. Porém, o inglês também é falado por grande parte das pessoas, cerca de 40% das pessoas falam o inglês na Polônia, em especial quem trabalha com o turismo. Essa é a segunda língua do país.
  • Moeda: apesar de a Polônia integrar a União Europeia, ela não adotou o euro como a sua moeda oficial. A moeda usada na Polônia é o zloty. Quando viajar para a Cracóvia, leve euro para trocar nas casas de câmbio da Polônia.
  • População: a população estimada da Cracóvia é de cerca de 853 mil habitantes.
  • Visto: os brasileiros que desejam viajar para a Cracóvia podem entrar na Polônia somente com o passaporte, e permanecerem por 90 dias, sem a necessidade de visto, desde que o documento tenha validade de, no mínimo, 6 meses.
  • Vacinas: não há obrigatoriedade de nenhuma vacina para brasileiros. No entanto, o governo recomenda que o turista tenha sido vacinado contra difteria, sarampo, tétano, hepatite A, rubéola e caxumba.
  • Eletricidade: mais de 88% da eletricidade da Polônia vem do carvão.
  • Código telefônico: o prefixo telefônico de chamadas para a cidade de Cracóvia é 12. E o prefixo telefônico para chamadas para a Polônia é o 48, ficando da seguinte forma: 48 – 12.
  • IDH: o Índice de Desenvolvimento Humano da Cracóvia é considerado muito alto (0,865).

Veja: 12 destinos turísticos da Europa que você precisa conhecer

Quando ir à Cracóvia?

Turistas na praça principal de Cracóvia - Polônia
Turistas na praça principal de Cracóvia, Polônia – Crédito de atribuição editorial: GeNik / Shutterstock.com

Para aproveitar melhor o passeio à Cracóvia, é fundamental escolher a melhor época. Nesse caso, o período compreendido entre os meses de maio a setembro é o melhor, pois é quando os dias têm mais sol, e as temperaturas variam entre 20 e 27 graus.

O período das chuvas acontece em ter julho e agosto, é quando a umidade é maior. Quando chega setembro, as temperaturas costumam ficar mais amenas, com os termômetros marcando cerca de 15 graus.

O frio em Cracóvia começa em outubro e se estende até abril. Nesse período, a temperatura costuma ficar abaixo de zero. Entre os meses de dezembro e março, começa a cair neve na cidade.

Os meses de frio intenso em Cracóvia são dezembro e janeiro, quando os termômetros registram temperaturas de 5 graus negativos, aproximadamente. Nessa época, acontecem muitas feiras de natal pelas ruas da cidade, e os visitantes podem degustar os pratos diferentes, que fazem parte da culinária polonesa.

Quando é a alta temporada: A alta temporada é entre a primavera e o verão, pois é quando há mais sol para aproveitar melhor as atrações da cidade. No entanto, as chuvas também são frequentes nessa época, em especial no fim do dia.

Quando é a baixa temporada: A baixa temporada é nos meses de inverno, pois o turismo costuma ser mais difícil. É uma época em que há menos horas de sol.

Quando é a média temporada: A média temporada compreende os períodos entre a alta e a baixa temporadas.

Europa: Saiba economizar na Viagem ao velho Continente

Clima e temperatura em todas as estações do ano

O clima da Polônia é temperado continental, e as quatro estações são muito bem definidas. Porém, o tempo de duração difere de uma estação para outra.

O inverno dura bastante tempo, é bem frio e com a presença de neve. A temperatura pode chegar a menos 15 graus. No entanto, não é sempre que isso acontece.

Castelo real de Wawel no inverno, com bloco de gelo no rio Vístula em Cracóvia - Polônia
Castelo real de Wawel no inverno, com bloco de gelo no rio Vístula em Cracóvia – Polônia

O verão é mais curto, podendo ter chuvas. Durante as estações mais quentes do ano, a umidade do ar é maior. A sensação térmica pode ser de até 35 graus.

Cidade de Cracóvia, Polônia

O céu de Cracóvia permanece parcialmente encoberto o ano todo. A temperatura varia entre -5°C e 25°C. Dificilmente fica menor do que -15°C ou maior do que 35°C.

Veja 5 dicas pra você saber como economizar num mochilão pela Europa

Quanto tempo ficar

Para conhecer a Cracóvia, Auschwita e a Mina de Sal, são necessários, pelo menos, 3 dias.

Veja quais são os 14 destinos baratos para conhecer na Europa

Como chegar

É muito fácil encontrar voos de vários países da Europa para a Polônia. Não há voos diretos do Brasil. Por isso, é preciso fazer escala em outro país. Confira abaixo como chegar na Cracóvia:

Avião

Vista exterior do aeroporto Internacional John Paul II, Cracóvia
Vista exterior do aeroporto Internacional John Paul II, Cracóvia – Crédito de atribuição editorial: WDnet Creation / Shutterstock.com

Em Crocávia está o segundo aeroporto mais importante do país (Aeroporto Internacional Jonh Paul II – KRK). Ele oferece tanto conexões domésticas, como voos de partidas e de chegadas internacionais.

Viagem na classe econômica: 8 dicas para voar confortavelmente

Ônibus

Passageira indo pegar o ônibus em Cracóvia - Polônia
Crédito de atribuição editorial: frantic00 / Shutterstock.com

Do aeroporto até o centro de Cracóvia, o visitante pode pegar um ônibus das seguintes linhas: 292, 208 e 902. O tempo de duração da viagem é de cerca de 25 minutos.

Veja Também: Vale a pena contratar um seguro viagem internacional?

Trem

Trem de alta velocidade, na principal estação ferroviária de Cracóvia, Polônia
Trem de alta velocidade, na principal estação ferroviária de Cracóvia, Polônia – Crédito de atribuição editorial: VTG-Design / Shutterstock.com

Há ainda uma estação de trem que fica atrás do aeroporto. Pegando alguma das linhas em direção à estação Krakón Glówny, o visitante também consegue chegar ao centro.

Veja 6 situações constrangedoras que você pode evitar com um seguro viagem

Táxi

Táxi Cracóvia - Polônia
Foto: flickr.com

Se preferir pegar um táxi para ir até o centro de Cracóvia, uma opção é o Uber. A viagem dura em torno de 20 minutos.

Veja 6 Dicas para guardar o passaporte em segurança durante a viagem

Alugar carro

Carros circulando nas ruas de Cracóvia - Polônia
Crédito de atribuição editorial: travellifestyle / Shutterstock.com

Uma outra alternativa é alugar um carro. No saguão do aeroporto há algumas agências que trabalham com aluguel de carro, além de serviços de caixa eletrônico, guarda-volumes, lanchonetes e lojas diversas.

Veja 6 dicas para você conseguir as melhores taxas de câmbio e economizar muito na viagem

Meios de transporte dentro da cidade

Para se locomover dentro da cidade, o turista tem diversas opções. Algumas das mais comuns são ônibus e tram (bondinho). A vantagem do transporte público da Cracóvia é que os bondinhos e os ônibus são interligados. Ou seja, os tickets podem ser usados para as duas modalidades de transporte.

Veja Também: 7 coisas que você precisa saber antes de passar pela alfândega

O que levar para Cracóvia?

O que levar para Cracóvia - Polônia

Verão

No verão, é bom levar:

  • Meias;
  • Calça jeans;
  • Pijama;
  • Camisetas de manga curta;
  • Vestidos;
  • Bermudas;
  • Chinelos;
  • Tênis;
  • Enfim, roupas mais leves. Porém, é sempre bom ter uma roupa de frio também, para não ser pego de surpresa.

Veja aqui 5 truques para diminuir o peso da mala

Inverno

Como o inverno na Cracóvia é muito rigoroso, com direito à neve, o ideal é levar muita roupa quente, como:

  • Blusa térmica;
  • Meias;
  • Cachecol;
  • Gorro;
  • Luvas, e demais roupas adequadas para o frio intenso.

A quantidade de peças varia conforme o tempo de duração da viagem.

Veja aqui 6 coisas inúteis que você coloca na mala de viagem

Onde ficar

Booking.com

O que as pessoas costumam indicar são hospedagens próximas à Praça do Mercado. Abaixo, nós listamos algumas das opções de hotéis existentes em Cracóvia:

Onde comer e beber? Comidas imperdíveis

Cafés e restaurantes na praça principal à noite em Cracóvia, Polônia
Cafés e restaurantes na praça principal à noite em Cracóvia, Polônia

A culinária da Polônia, em especial da Cracóvia, utiliza poucos condimentos. É uma comida considerada simples. A cidade possui uma enorme variedade de restaurantes, que cabem em todos os bolsos. Algumas comidas imperdíveis do local são:

  • Bigos: um prato tradicional, feito com repolho fermentado e com carne de porco;
  • Pierogi: um pastelzinho cozido, com vários recheios;
  • Zapiekanka: que consiste em um pão cortado ao meio, e recheado com as iguarias escolhidas pelo cliente. Muito comum nas ruas da cidade;
  • Sopas: são muito presentes na culinária do país. Principalmente a sopa de beterraba (barszcz czerwony).

As bebidas são o grande destaque da cidade.

  • As cervejas, consideradas refrescantes e cheias de personalidade;
  • As vodcas, com vários aromas e sabores diferentes e;
  • O vinho de mel mead, que é ótimo como aperitivo.

Veja aqui 6 coisas que você não pode levar na mala numa viagem de avião

Pontos turísticos em Cracóvia

O que não faltam são opções de passeio em Cracóvia. Abaixo, nós listamos alguns dos principais pontos turísticos da segunda maior cidade polonesa. Confira!

A Fábrica de Schindler

A Lista de Schindler é um filme muito conhecido e premiado. Milhares de judeus tiveram suas vidas salvas graças à fábrica de Oskar Schindler, um verdadeiro herói da Segunda Guerra Mundial.

Essa fábrica localiza-se em Cracóvia. E, hoje em dia, ela é um museu que conta, de forma educativa, como era a vida em Cracóvia no período da ocupação nazista.

Veja Também: 5 Dicas para Turistas de Primeira Viagem

Praça do Mercado (Rynek)

Praça do Mercado de Cracóvia - Polônia

Construída em 1257, essa praça ocupa uma área de 200 metros, e é uma das maiores praças medievais que existem na Europa.

Ela se encontra cercada por prédios de traça antiga. Nessa, acontecem muitos eventos importantes, como desfiles, manifestações e muito mais…

Férias: 5 estratégias para você gastar menos em sua Viagem

Bairro Judeu (Kazimierz)

Esse bairro se localiza no centro histórico de Cracóvia. Ele permaneceu abandonado por muitos anos. Até que, em meados dos anos 90, foi redescoberto.

Atualmente, o bairro é repleto de bares, restaurantes, cafés, sinagogas e galerias de arte, constituindo-se em um dos locais mais cheios de cultura e atrativos noturnos.

O Festival de Cultura Judia acontece no Kazimierz, e é responsável por atrair visitantes de todas as partes do mundo.

Veja aqui 10 dicas de como prevenir perdas e roubos de bagagem

Mercado Sukiennice

Edifício Sukiennice com a Câmara Municipal em segundo plano em Cracóvia - Polônia

Situado na Praça do Mercado, o Mercado Sukiennice é considerado como o mais antigo centro comercial da Europa. Datado do séc. 14, esse mercado de tecidos já passou por muitas oscilações no decorrer dos séculos.

Atualmente, o local é mais procurado por turistas que desejam comprar lembrancinhas.

Veja aqui 5 dicas para você planejar sua viagem e não ter imprevistos

Catedral de Wawel

Catedral de Wawel, junto ao Castelo Wawel durante o dia, Cracóvia, Polônia

Localiza-se junto com o Castelo Real de Wawel, a catedral de Wawel tem um estilo gótico, e é o local onde aconteceram vários eventos históricos da realeza e da nobreza polaca, como casamentos, batizados, funerais e coroações, por exemplo.

No topo da torre da catedral há um sino enorme que, segundo a lenda, quem fizer um pedido ao tocá-lo com a mão esquerda, terá o seu desejo realizado.

Veja aqui 13 cidades medievais que farão você viajar de volta no tempo

Praça dos Heróis do Ghetto ou Plac Bohaterów Getta

Praça dos Heróis do Ghetto - Cadeiras Vazias simbolizando as vítimas judias da Segunda Guerra Mundial em Cracóvia - Polônia
Cadeiras Vazias simbolizando as vítimas judias da Segunda Guerra Mundial – Crédito de atribuição editorial: eFesenko / Shutterstock.com

Era nessa praça que os judeus se reuniam para deixarem seus bens e as mobílias das suas casas, antes que fossem deportados para campos de concentração. A praça possui um monumento em memória de todas essas pessoas.

Nessa praça também está o único estabelecimento comercial que não era judeu, a farmácia Apteka Pod Orlem, e que permaneceu funcionando no período da ocupação nazista.

Veja Também: As 5 praças públicas mais bonitas ao redor do mundo

Castelo Real de Wawel

Castelo Wawel, antiga sede dos reis poloneses em Cracóvia, Polônia
Castelo Wawel, antiga sede dos reis poloneses em Cracóvia, Polônia

Esse edifício é considerado como o mais fascinante de Cracóvia. Sem dúvida nenhuma, vale muito à pena conhecê-lo.

Esse castelo, local onde a realeza polaca vivia, se tornou um museu, que é dividido em 5 seções diferentes. São elas:

1 – Apartamentos Reais Privados;

2 – Arte Oriental;

3 – Quartos do Estado;

4 – Wawel Perdido,

5 – Tesouraria e Armoraria.

Para visitar cada seção, é preciso comprar um bilhete separado.

Veja Também: 8 países para viajar sem visto nem passaporte

Basílica de Santa Maria

Basílica de Santa Maria na praça principal de Cracóvia - Polônia
Basílica de Santa Maria na praça principal de Cracóvia – Polônia

Situado na Praça do Mercado, em meio ao centro histórico de Cracóvia é, certamente, uma das construções mais belas que existem na cidade. No topo da sua torre, há um trompete que soa, de hora em hora, na mesma direção dos pontos cardeais de forma sucessiva.

Quem quiser conhecer o interior da basílica, pode usar uma porta lateral que se encontra no lado sudeste da mesma.

Veja Também: Os 12 lugares mais lindos do mundo para você colocar no seu roteiro de viagem

Minas de Sal Wieliczka

Um Patrimônio da Humanidade pela Unesco, essas minas localizam-se a poucos quilômetros de Cracóvia. Elas foram construídas a mais de 700 anos, e recebem em torno de 1 milhão de turistas ao ano. É uma das principais atrações turísticas da Polônia.

Nessas Minas, o visitante tem a oportunidade de conhecer como era o trabalho feito de recolha de sal subterrânea, em um ambiente simplesmente incrível.

Veja Também: Lugares incríveis para visitar antes de morrer

Melhores tours e excursões em Cracóvia

Para quem gosta de uma caminhada, vai gostar de conhecer o centro histórico da Cracóvia. Se preferir, também é possível usar o transporte público que, por sinal, é muito bom.

O centro histórico da cidade oferece muitas atrações, das quais a Praça do Mercado e o Castelo Real são as principais. Há ainda uma série de museus, restaurantes, torres, feiras ao ar livre, e muito mais.

Veja Também: Top 10 cidades futuristas que provam que o futuro já começou

Dicas e curiosidades sobre a Cracóvia

Rio Vístula, Ponte Podwawelski e um restaurante na barcaça no outono ao pôr do sol em Cracóvia - Polônia
Rio Vístula, Ponte Podwawelski e um restaurante na barcaça no outono ao pôr do sol em Cracóvia – Polônia
  • Um morador da Cracóvia, chamado Tadeusz Pankiewicz, não-judeu, teve permissão para continuar com a sua farmácia no gueto, pois os nazistas tinham muito medo de propagação de doenças. Tadeusz, então, aproveitou a situação para ocultar, dentro da sua farmácia, atividades clandestinas de resistência. Atualmente, a farmácia é um museu.
  • A viagem com criança também é tranquila. A cidade é bem plana, o que facilita passear de carrinho. E as pessoas costumam ser bem cordiais. Dando preferência sempre que alguém está com criança.

Veja Também: As 6 cidades mais tecnológicas e modernas do planeta

Cracóvia é uma cidade segura?

Belo conjunto da principal praça do mercado em Cracóvia, Polônia
Belo conjunto da principal praça do mercado em Cracóvia, Polônia – Crédito de atribuição editorial: eFesenko / Shutterstock.com

A maior parte dos brasileiros que visitam a Cracóvia, e a Polônia em si, não costumam relatar problemas com relação à segurança. No entanto, algumas situações de furtos na rua podem acontecer, em especial nas estações do metrô e à noite, principalmente.

Quanto à ataques terroristas na cidade, a possibilidade de acontecer é muito baixa. No entanto, essa pode ser uma ameaça global, em especial em locais mais procurados por turistas.