Para os apaixonados por viagens, todas as férias, feriados ou até mesmo fins de semana podem ser propícios para a realização de passeios. E, junho é uma época ainda mais atrativa para viajar, visto que é um mês de baixa temporada.

Isso ocorre, pois, no mês seguinte, em junho, o calendário escolar determina 30 dias de férias, o que o caracteriza como alta temporada. Assim, é ideal programar uma viagem para junho, quando os principais locais turísticos estão mais vazios, o que proporciona preços mais acessíveis.

Os preços decrescem nos nichos de hospedagem, alimentação e transporte. Logo, viajando neste mês menos turístico, pode-se usufruir de passagens aéreas baratas, hotéis com diárias mais baixas, restaurantes com cardápios acessíveis e até mesmo aluguéis de carro em conta.

E, o turista que programa a sua viagem para junho, pode aproveitar não só os valores econômicos, mas também condições turísticas mais atraentes. Por exemplo, neste mês, os Lençóis Maranhenses possuem lagoas cheias e agradáveis.

Para que você possa se programar, a fim de usufruir de uma viagem barata e incrível, listaremos abaixo 9 destinos baratos para viajar em junho de 2020. Confira e faça a sua escolha.

Veja Também: 18 dicas para qualquer mão de vaca viajar de boa

1 – Gramado

Gramado é um dos destinos baratos para viajar em junho de 2020

Caso queira viajar em junho de 2020 para um local que proporcione atividades turísticas incríveis, Gramado, no Rio Grande do Sul, é o local ideal.

O turista pode chegar na cidade junto com o inverno, pois, nesta época, a temperatura varia entre 9ºC e 15ºC. Em alguns dias, a temperatura pode se tornar negativa ou até mesmo se manter próxima a 0ºC.

Gramado é um município que se localiza a apenas 115 km de Porto Alegre, é um destino conhecido como a “Suíça brasileira”.

Devido à colonização majoritariamente européia, Gramado possui construções típicas alemãs, italianas e suíças. Também, esta cidade possui beleza natural, devido às araucárias, nevoeiro e temperaturas baixas que ocasionam até mesmo geada.

Ao optar por viajar em junho de 2020 para Gramado, poderá usufruir da culinária local, que torna-se muito apropriada para o frio. Logo, pode-se optar por fondue, pratos quentes italianos, dentre outros.

Como o mês está num período de baixa temporada, os preços dos restaurantes diminuem, e você poderá, até mesmo, achar rodízios de fondues por preços acessíveis em restaurantes famosos, como o Le Petit Clos, Maximilia e C’est Mieux.

Veja Também: 10 Lugares para se visitar em Gramado

2 – Visconde de Mauá

Visconde de Mauá - Rio de Janeiro
Crédito editorial: Iuliia Timofeeva / Shutterstock.com

Localizada no Rio de Janeiro, Visconde de Mauá é uma vila na Serra da Mantiqueira.

Apesar deste não ser um destino extremamente turístico devido à dificuldade de acesso, passando por estradas sinuosas e chegando aos 1.300 metros de altitude, Visconde de Mauá é um local perfeito para casais, que procuram realizar atividades românticas, ou aventureiros que gostam do ecoturismo.

Nesta vila, pode-se usufruir das cachoeiras extremamente conservadas e belas, como o Poção da Maromba e de Santa Clara, também provar pratos típicos a base de pinhão e truta.

Ademais, as pousadas em Visconde de Mauá são aconchegantes e apresentam ótimos preços em junho.

Veja Também: 10 Lugares Românticos no Rio de Janeiro para o Fim de Semana

3 – Bonito

Gruta do Lago Azul é um dos pontos turísticos em Bonito - Mato Grosso do Sul
Crédito editorial: LMspencer / Shutterstock.com

Situado no Mato Grosso, Bonito é um dos destinos mais incríveis do Brasil, é também um dos destinos baratos para viajar em junho de 2020.

O município está a 300 km de Campo Grande, a capital do estado, e abriga grutas e cavernas com águas cristalinas, cachoeiras e rios. Por isto, Bonito é o local ideal para os indivíduos que desejam realizar passeios ecológicos, tendo contato constante com a fauna e flora local.

A gruta Lagoa Azul tem cerca de 60 milhões de anos, é um dos lugares de ecoturismo mais conhecidos no Brasil e mundialmente.

Protegida pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a gruta possui um lago de água transparente, cuja a profundidade é desconhecida. Como Lagoa Azul está apenas a 20 km da cidade, ela pode ser facilmente acessada.

Ainda, os turistas podem optar por fazer arvorismo, cujo o preço em baixa temporada é em média R$ 85,00 por pessoa. Caso o turista queira optar por lugares com mais estrutura, mas ainda assim perto da natureza, os balneários são ideais.

Veja Também: Top 10 pontos turísticos de Bonito

4 – Touros

Farol do Calcanhar em Touros no Rio Grande do Norte
Crédito editorial: Paulo de Abreu / Shutterstock.com

Touros, no Rio Grande do Norte, é uma cidade litorânea onde encontra-se os litorais leste e norte do Brasil.

As praias deste município são lindas, mas também pode-se acessar São Miguel do Gostoso, um destino turístico extremamente famosa, que localiza-se a apenas 20 km. As praias mais famosas desta faixa no litoral são a de Carnaubinha, das Garças, Perobas e Cajueiro.

Em Touros, ainda está o Farol do Calcanhar, uma construção que possui 62 metros de altura e caracteriza-se por ser o maior farol do Brasil. Porém, caso queira visitar este local, é preciso fazê-lo no domingo, o único dia da semana no qual está aberto.

Veja Também: As 10 praias mais bonitas do Rio Grande do Norte

5 – Itacaré

Itacaré na Bahia é um dos destinos baratos para viajar em Junho de 2020

Caso queira visitar um destino barato na Bahia, Itacaré pode ser o destino perfeito. Com cerca de 27 mil habitantes e a apenas alguns quilômetros de Ilhéus, Itacaré é ideal para os surfistas e também turistas que desejam conhecer paisagens paradisíacas.

Além de usufruir de algumas praias incríveis, como Itacarezinho, Havaizinho, Resende, Tiririca e Costa e Ribeira, pode-se visitar as cachoeiras da região, além de realizar compras de artesanato na famosa Rua da Pituba. Esta via abriga restaurantes, bares, barracas e sorveterias, tornando-se o ponto noturno da cidade.

Veja Também: As 5 melhores praias de Itacaré

6 – Parque Estadual do Jalapão

Cachoeira da Formiga no Jalapão - Tocantins
Crédito editorial: Ticiana Giehl / Shutterstock.com

A região do Jalapão não é uma cidade, mas sim a junção de cinco unidades de conservação, no Tocantins. A área total do parque chega a ter 34 mil km², e caracteriza-se por ser um dos lugares mais bonitos do Brasil.

É ideal visitar o Jalapão em junho, pois este é um mês de seca, no qual não ocorrem muitas chuvas que tornam as cachoeiras, lagos e piscinas naturais mais cheios e com água turva.

Ainda, indo na baixa temporada, é possível usufruir melhor os passeios, que não estarão tão cheios quanto na alta.

É importante mencionar que, diversos locais são de difícil acesso, por isso é recomendado que, caso queira realizar todos passeios sozinhos, vá ao Parque utilizando um veículo adequado, 4×4.

Veja Também: 6 lugares impressionantes no Tocantins que você vai querer conhecer

7 – Paraty

Paraty é um dos destinos baratos para viajar em junho de 2020

Ainda, também no Rio de Janeiro, Paraty é uma cidade litorânea tranquila e com paisagens bonitas.

Esta cidade, que possui cerca de 26 mil habitantes, é tipicamente histórica, com ruas sem asfalto, construções antigas, cais e ateliês de arte. Porém, mesmo possuindo um ar antigo, Paraty também tem aspectos modernos.

No Centro da cidade, é sediado anualmente o festival de literatura Flip, para os amantes desta arte.

Caso queira realizar passeios ecológicos, pode-se optar por visitar a Ilha do Araújo e Ilha dos Cocos, ambos os locais incríveis e nos quais pode-se realizar mergulhos na água cristalina.

Também, em Paraty é possível fazer passeios de barcos, trilhas pela Mata Atlântica e outras atividades na natureza.

No Centro Histórico, os turistas podem usufruir da culinária local, com cafés aconchegantes que comercializam doces regionais. Recomenda-se visitar o Café Pingado e o Banana da Terra.

Veja Também: 5 das melhores e mais belas praias de Paraty – RJ

8 – Caldas Novas

Hot Park é um dos pontos turísticos em Caldas Novas mais visitados
Crédito de atribuição editorial: Judson Castro / Shutterstock.com

Ainda, caso queira realizar uma viagem barata, mas ao mesmo tempo divertida, pode-se optar por Caldas Novas, destino ideal de milhares de turistas todos os anos.

Esta cidade, em Goiás, abriga muitos resorts e hotéis que proporcionam aos turistas contato com as piscinas aquecidas naturais da região.

Entretanto, mesmo sendo um destino muito popular, Caldas Novas costuma não apresentar tanto movimento em junho, devido à baixa temporada. Logo, os locais de hospedagem, parques aquáticos e restaurantes abaixam o preço dos serviços e produtos para que ainda assim atraiam clientes.

Alguns dos lugares mais famosos entre os turistas são: o Hot Park, diRoma Acqua Park e o Parque Estadual da Serra de Caldas Novas.

Veja Também: O 7 Melhores Parques Aquáticos em Caldas Novas e Rio Quente

9 – Cusco

Cusco no Peru é um dos destinos baratos para viajar em junho de 2020

Agora, tratando-se de destinos internacionais, Cusco pode ser um local incrível e barato para viajar em junho de 2020. Cusco localiza-se no Peru, e é conhecida por ter grande importância arqueológica.

Ainda, esta cidade é muito próxima de Machu Picchu e do Vale Sagrado, facilitando a visitação dos turistas.

Em junho, Cusco começa a esfriar e as chuvas diminuem, o que é benéfico para a realização de passeios. A temperatura varia entre 19ºC e 5ºC.

Época ideal para viajar devido aos preços baixos, pois os meses mais movimentados nesta região são junho e agosto, mas, também, pela Festa do Sol, uma celebração religiosa inca que ocorre dia 24, no final do mês. Nesta festa, acontecem apresentações teatrais nas ruas, comercialização de comidas típicas peruanas e também alguns rituais.