13 Passeios Grátis para Fazer em Gramado

Afinal os preços por lá podem ser bem altos, se comparados a outros destinos brasileiros.

O Brasil, um país tipicamente tropical, cheio de praias paradisíacas, cachoeiras, calor e outras belezas naturais. Porém, muitas pessoas preferem viajar para locais mais frios, que se diferem da maioria dos destinos turísticos brasileiros.

E, Gramado é o local ideal para os indivíduos que buscam por frio, ou até mesmo neve, neste país tropical.

Esta cidade, no Rio Grande do Sul, também é chamada de “Suíça brasileira”. E, como o nome indica, pode-se perceber que este município possui ares de Europa. Isto se deve ao inverno gaúcho e também às construções e costumes vindos dos povos que colonizaram a região, os suíços, alemães e italianos.

Devido à sua popularidade e também às atividades e restaurantes ofertados, Gramado é uma cidade cujos preços podem ser mais altos do que em outros destinos. Por isso, é preciso conhecer este local, procurando formas de economia.

Para lhe ajudar a planejar a sua viagem, iremos indicar 13 passeios grátis em Gramado. Confira!

Veja Também: 5 surpresas que reserva a cidade de Gramado no frio

1 – Lago Joaquina Rita Bier

Lago Joaquina Rita Bier em Gramado - Rio Grande do Sul

O Lago Joaquina Rita Bier é um lago artificial, com 17 mil metros quadrados, que foi construído há 70 anos.

Localiza-se na Rua Leopoldo Rosenfeld. Felizmente, é um ponto turístico fácil de ser encontrado, visto que se encontra próximo ao centro da cidade.

O Lago possui uma ilha central, na qual pode observar toda a área. Durante o Natal, são instaladas arquibancadas ao redor do lago, para que os turistas possam apreciar um espetáculo maravilhoso, com luzes, música e também chafarizes.

O nome do Lago deve-se à Joaquina Bier, uma mulher que comprou todo o terreno em 1872.

Veja Também: Natal Luz: 7 razões para participar do maior evento de Gramado

2 – Lago Negro

Caminhar pelo Lago Negro é um dos passeios grátis em Gramado - Rio Grande do Sul
Crédito editorial: Luciana Silva Rodrigues / Shutterstock.com

O Lago Negro, no Bairro Planalto, é um dos principais pontos turísticos da cidade. Este lago artificial é maravilhoso, com hortênsias, azaleias, vegetação verde e exuberante, além de possuir pedalinhos e também uma casa de artesanato em sua orla.

A entrada no parque é completamente gratuita, mas o passeio com os pedalinhos é pago.

Veja Também: 10 Lugares para se visitar em Gramado

3 – Catedral de Pedra de Canela

Catedral de Pedra em Canela - Rio Grande do Sul
Crédito editorial: Bernard Barroso / Shutterstock.com

Eleita como uma das sete maravilhas do Brasil em 2010, a Catedral de Pedra de Canela, cujo nome oficial é Igreja Matriz de Nossa Senhora de Lourdes, se localiza em Canela, município vizinho de Gramado.

Apesar de não estar exatamente em Gramado, a Catedral está extremamente próxima da cidade, visto que ela pode ser acessada por uma avenida que corta os dois municípios.

A Catedral é muito bonita, possuindo uma torre com 65 metros de altura, 12 sinos italianos e uma fachada construída com pedras de basalto. À noite, a Igreja possui um sistema de iluminação que produz shows de luzes, às 20h, 21h e 21h45.

Veja Também: 7 opções para você saber o que fazer em Canela na Serra Gaúcha

4 – Rua Coberta

Rua coberta em Gramado - Rio Grande do Sul
Crédito editorial: Luciana Silva Rodrigues / Shutterstock.com

Esta via, chamada originalmente de Madre Verônica, se localiza no centro da cidade e é um ponto turístico extremamente popular. A rua, como o nome indica, é coberta por um material transparente, que também possui diversas plantas verdes, o que torna o local muito bonito.

Na Rua Coberta estão muitas lojas, restaurantes e bares. Assim, caso o indivíduo queira, ele também pode aproveitar restaurantes de comida italiana, lojas de chocolate artesanais, cervejarias, etc.

Veja Também: Hotéis em Gramado que vão Deixar Você de Queixo Caído

5 – Praça das Etnias

A Praça das Etnias está próxima ao centro de Gramado e à rodoviária, sendo fácil de ser encontrada. Este local é muito indicado para visitas, pois reúne casas que demonstram os principais povos que colonizaram Gramado, os italianos, alemães e portugueses.

Desta forma, todos os visitantes podem ir até o lugar para verem e tirarem fotos com as construções típicas. Também, aos sábados, pode-se aproveitar para passear pela feirinha de produtos artesanais e comidas típicas.

Veja Também: 6 lugares da Serra Gaúcha que você tem que conhecer

6 – Avenida Borges de Medeiros

Conhecer a Avenida Borges de Medeiros é um dos passeios grátis em Gramado - RS

A Avenida Borges de Medeiros é a via mais famosa de Gramado, visto que possui construções e decorações típicas alemãs, lojas, restaurantes e também outros estabelecimentos.

Veja Também: Passeios na Serra Gaúcha: Tour Uva e Vinho, Rota Cervejeira, Noite Gaúcha e muito mais

7 – Rua Torta

Conhecer a Rua Torta é um dos passeios grátis para fazer em Gramado - Rio Grande do Sul
Crédito editorial: Luciana Silva Rodrigues / Shutterstock.com

A Rua Emílio Sorgetz, também chamada de Rua Torta, é um local perfeito para tirar fotos. A calçada da rua são floridas, coloridas e com construções típicas europeias. E, assim como o nome dá a entender, a rua é tortuosa, com curvas acentuadas.

Veja Também: 4 cervejarias artesanais na Serra Gaúcha que valem a pena conhecer

8 – Igreja Matriz de São Pedro

Igreja Matriz em Gramado - Rio Grande do Sul

A Igreja Matriz de São Pedro se localiza no centro da cidade de Gramado, e foi inaugurada em 1940. A construção está ao lado do Palácio dos Festivais e na frente da Praça Major Nicoletti.

A Igreja foi construída com pedras escuras e sua fachada possui uma torre, com um sino. No interior, a Matriz de São Pedro tem todos os apóstolos pintados em tamanho real.

Veja Também: Os 5 melhores passeios para fazer no Vale dos Vinhedos

10 – Fonte do Amor Eterno

Fonte do amor eterno em Gramado - Rio Grande do Sul
Crédito editorial: Luciana Silva Rodrigues / Shutterstock.com

Que tal um passeio muito romântico em Gramado? A Fonte do Amor Eterno é o local ideal, pois sua estrutura é baseada na fonte italiana chamada Fontana de Trevi. Ao redor da fonte, nas grades, estão milhares de cadeados dos casais que visitam o local e desejam registrar o seu amor.

É indicado ir até a Fonte do Amor Eterno de noite, quando o local torna-se completamente iluminado e colorido pelas luzes. Caso queira, pode levar o seu cadeado. Mas, as lojinhas ao redor também os vende. A Fonte está na Avenida Borges de Medeiros.

Veja Também: 27 destinos no Brasil baratos para viajar nas férias

11 – Praça da Criança

Caso esteja viajando com uma criança, a Praça da Criança é o lugar indicado para levá-la e fazer um passeio grátis e muito divertido em Gramado.

O Parque está no Centro da cidade, e possui muitos brinquedos, uma área com gramado e outra com areia. Além disso, a área do Parque é fechada e conta com banheiros.

Veja Também: Férias: 5 estratégias para você gastar menos em sua Viagem

12 – Palácio dos Festivais

Palácio dos festivais em Gramado - Rio Grande do Sul
Crédito editorial: Eduardo Menezes / Shutterstock.com

Um dos passeios gratuitos e imperdíveis em Gramado é o Palácio dos Festivais, também chamado de Cine Embaixador, seu nome oficial.

Há 45 anos, em agosto, o Palácio sedia o Festival de Cinema, um dos eventos mais importante e esperado do Brasil.

O Palácio possui a estrutura de madeira escura, extremamente bonita, e consegue abrigar até 1.100 pessoas. Ainda, durante a semana, o local possui uma programação de exibição de filmes. No andar superior do Palácio, existe o Museu do Festival de Cinema, que conta a história deste evento.

Veja Também: As 12 cidades de praia com as hospedagens mais baratas

13 – Largo da Borges

O Largo da Borges assemelha-se a um shopping, pois é um complexo comercial moderno. Ele se localiza na Avenida Borges de Medeiros, próximo ao Palácio dos Festivais e da Rua Coberta. O Largo abriga diversas lojas, centro de convivência, praça gourmet e também um estacionamento.

Veja Também: 18 dicas para qualquer mão de vaca viajar de boa

14 – Templo Budista Khadro Ling

O Templo Budista Khadro Ling, está a 30 km do centro de Gramado. Foi o primeiro templo budista tibetano do Brasil, e está aberto a visitação de quarta a sexta-feira, das 9h às 11h30, e das 14h às 17h, e de sábado a domingo, das 9h às 16h30.

Por medida de segurança, não é permitida a entrada a pé ao centro budista, mas pode-se acessá-lo de carro, ônibus e outros métodos de transporte.

Redação Bolsa de Viagemhttps://www.bolsadeviagem.com.br/
Dicas de viagem para você escolher os melhores destinos, melhores hotéis, melhores passeios, promoções de passagens aéreas e conhecer as praias mais bonitas

Junte-se a nossa newsletter!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade!

Assinando a newsletter você aceita receber e-mails do Site Bolsa de Viagem. Você poderá cancelar o recebimento a qualquer momento.

Últimas Publicações

Como ir do aeroporto de Porto Alegre à Gramado

Ônibus, transfer, táxi, Uber ou carro alugado? Descubra qual a melhor forma de ir do aeroporto de Porto Alegre à Gramado.

Rota das Emoções: As melhores praias e os melhores passeios

A Rota das Emoções vem ganhando o coração de turistas Brasil afora por suas belezas e encantos naturais a perder de vista. Veja!

13 destinos baratos para viajar em setembro de 2020

Saiba quais são os destinos mais baratos para viajar em setembro de 2020 e planeje sua viagem com antecedência, gastando menos do que imagina.

Cracóvia: O que fazer na segunda maior cidade polonesa

Os patrimônios culturais e artísticos fazem de Cracóvia uma das cidades mais lindas da Europa. Saiba quando ir e o que fazer neste belíssimo destino.

5 das melhores praias para surf em Ubatuba

As praias para surf em Ubatuba, além de possuírem condições perfeitas para a prática do esporte, também são belíssimas, com serras e vegetação exuberante.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR