Ruas de paralelepípedos, construções históricas conservadas, natureza exuberante, restaurantes e pousadas aconchegantes… Estas são algumas características de Ouro Preto, uma das cidades mais famosas de Minas Gerais.

Este município foi fundado em 1711, e foi um dos mais importantes durante o ciclo do ouro. Hoje em dia, é um destino turístico, devido às igrejas conservadas e ricas em detalhes, casas coloniais, museus, dentre outros locais extremamente bonitos e cheios de história.

Em 1730, esta cidade, chamada então de Villa Rica, chegou a ser até mesmo o município mais populoso da América Latina, o que foi ocasionado pela atividade de extração de ouro. Ao longo dos anos, milhares de pessoas migraram para Ouro Preto, a fim de trabalharem nas minas e construções. Hoje em dia, a antiga Villa Rica possui cerca de 80 mil habitantes.

Ouro Preto é uma cidade que pode ser muito bem aproveitada pelos turistas, sendo um típico município mineiro, com muita história para contar.

O Centro Histórico possui diversos locais que podem ser visitados diariamente e, também, de forma gratuita, o que é extremamente econômico para os turistas.

Abaixo, reunimos os passeios gratuitos em Ouro Preto, para que você aproveite a sua viagem ao máximo sem gastar quase nada. Confira!

Veja Também: Nos caminhos da Estrada Real

1 – Praça Tiradentes

Praça Tiradentes em Ouro Preto - Minas Gerais
Crédito editorial: Silviopl / Shutterstock.com

Este local é, sem dúvidas alguma, um ícone histórico. A Praça Tiradentes, antes conhecida como Morro de Santa Quitéria e Praça da Independência, hoje em dia abriga a estátua do mártir da independência, Joaquim José da Silva Xavier, chamado popularmente de Tiradentes.

Em 1792, esta praça foi o local no qual a cabeça de Tiradentes foi exposta, após ele ter sido condenado por ser um dos líderes da Inconfidência Mineira.

Na Praça Tiradentes, pode-se ver o Palácio dos Governadores, atualmente o Museu de Ciência e Técnica, o Museu da Inconfidência, construções conservadas e tipicamente coloniais.

Veja Também: Ouro Preto: Seguindo a Estrada Real

2 – Mirante Morro São Sebastião

Mirante Morro São sebastião em Ouro Preto - Minas Gerais

No Mirante Morro São Sebastião, pode-se observar toda a cidade e ainda a natureza ao redor. Este morro pode ser acessado pela ladeira João de Paiva.

É recomendado que o Mirante seja visitado à tarde, quando o Sol estiver baixo. Assim, a subida não irá ser extremamente cansativa, caso seja feita a pé e, também, pode-se observar toda a cidade com mais facilidade.

Veja Também: Seguindo a Estrada Real: Ouro Preto – Parte 2

3 – Largo do Rosário

Largo do Rosário em Ouro Preto - Minas Gerais
Crédito editorial: LMspencer / Shutterstock.com

Caso goste de apreciar a arquitetura da região, o Largo do Rosário, no Bairro Rosário, é um local ótimo para admirar as construções históricas e tirar fotos maravilhosas. Ainda, subindo o largo, encontra-se a Igreja de Nossa Senhora do Rosário, uma típica construção barroca.

Veja Também: Lavras Novas: conheça e surpreenda-se

4 – Igreja São Francisco de Paula

Igreja São Francisco de Paula em Ouro Preto - Minas Gerais

Quem visita Ouro Preto não pode deixar de visitar algumas das diversas igrejas da região. A Igreja São Francisco de Paula é ideal para quem procura passeios gratuitos em Ouro Preto, pois não cobra-se entrada para visitar seu interior, o que acontece com a maioria das igrejas da região.

Apesar desta igreja não estar na região central, como as demais, ela pode proporcionar um passeio incrível, visto que se localiza no Morro da Piedade, um dos pontos mais altos de Ouro Preto. Logo, além de observar as imagens, altares e arte rococó no interior da igreja, também pode-se ver toda a serra ao redor.

Veja Também: Mariana: Guia turístico

5 – Igreja Nossa Senhora do Rosário

Igreja Nossa Senhora do Rosário em Ouro Preto - Minas Gerais

Outra igreja cuja a entrada é gratuita é a Nossa Senhora do Rosário, localizada no Largo do Rosário. Esta construção é uma das mais antigas de Ouro Preto, visto que sua estrutura começou a ser levantada em 1762, e finalizou-se em 1823.

O interior da Igreja do Rosário possui diversas pinturas e altares.

Veja Também: Monte Verde: Um pedacinho da Suíça no Brasil

6 – Museu Casa dos Inconfidentes

Museu Casa dos Inconfidentes em Ouro Preto - Minas Gerais
Crédito editorial: Mikio Yamashita / Shutterstock.com

No alto do Morro do Cruzeiro, localiza-se a Casa dos Inconfidentes, que hoje tornou-se um museu.

A casa, construída no século XVIII, hoje mantêm-se como uma homenagem a aqueles que participaram da Inconfidência Mineira. Nela, estão alguns objetos utilizados pelos inconfidentes. Ademais, como a Casa dos Inconfidentes é longe do Centro Histórico da cidade, recomenda-se realizar a visitar de carro. A entrada para este museu é gratuita.

Veja Também: Sabará: A Pedra Reluzente

7 – Casa de Tomás Antônio Gonzaga

Tomás Antônio Gonzaga foi o antigo ouvidor de Vila Rica, poeta e inconfidente mineiro. Hoje em dia, a sua casa é um exemplo da arquitetura colonial.

Os móveis, interior e exterior da construção foram conservados, e hoje os visitantes podem ter contato com eles para entender e admirar a arquitetura colonial. Também, no local possui diversas poesias, que o poeta Tomás Antônio deixou para sua esposa Maria Doroteia.

Hoje em dia, o local é o Centro de Atendimento ao Turista e Secretaria do Turismo, aberto para visitação. Pode-se, além de visitar o interior, também ver os jardins no fundo.

Veja Também: Diamantina: A terra dos diamantes

8 – Parque Natural Municipal das Andorinhas

Parque Natural Municipal das Andorinhas em Ouro Preto - Minas Gerais
Foto: parquedasandorinhas.ouropreto.gov.br

Que tal realizar um passeio natural e delicioso em Ouro Preto?

O Parque Nacional Municipal das Andorinhas é o local perfeito. Este parque possui as nascentes mais altas do Rio das Velhas, extensa biodiversidade de fauna e flora, além de mirantes, cachoeiras e piscinas naturais.

Um passeio extremamente agradável, e pode-se chegar no local de carro ou mesmo utilizando o circular da cidade. A sede do parque está a apenas 5 km do Centro Histórico de Ouro Preto.

Veja Também: 11 cidades em Minas Gerais que você precisa visitar pelo menos uma vez

9 – Feira de Pedra Sabão

Feira de Pedra Sabão em Ouro Preto - Minas Gerais

No Largo de Coimbra, localiza-se permanentemente a Feira de Pedra Sabão de Ouro Preto. E, os visitantes podem aproveitar para visitar este local gratuitamente, apreciando os artesanatos, objetos fabricados com pedra sabão, dentre outros produtos que são vendidos nas barraquinhas.

A feirinha está ao lado da Igreja de São Francisco, e permanece aberta todos os dias, de 7h às 19h. Praticamente todos os objetos feitos de pedra sabão, como os tabuleiros de jogos, produzidos nos distritos de Santa Rita e finalizados em Ouro Preto.

Veja Também: 9 Razões Para Conhecer Capitólio-MG

10 – Casa dos Contos

Casa dos Contos em Ouro Preto - Minas Gerais
Foto: pt.wikipedia.org

A Casa dos Contos é um museu gratuito em Ouro Preto, na rua São José, logo no centro de Ouro Preto. A construção colonial é imponente, bonita e com uma fachada que possui dezenas de janelas.

Esta casa foi construída em 1782, como casa de João Rodrigues de Macedo, administrador de impostos da Capitania das Minas Gerais. Porém, em 1792 passou a ser propriedade Real da Fazenda. Mais tarde, a Casa dos Contos passou a ser um local de fundição do ouro.

Este local, apesar de ter a entrada gratuita, tem funcionários em todos os cômodos para explicar a história do local. Em algumas salas, passam até mesmo filmes.

Veja Também: Coisas para fazer na Serra do Cipó, MG

11 – Retiro das Rosas

Hotel Fazenda Retiro das Rosas em Ouro Preto - Minas Gerais
Foto: Site Oficial – retirodasrosas.com.br

O Hotel Fazenda Retiro das Rosas é uma das hospedagens mais bonitas de Ouro Preto.

O local está em Cachoeira do Campo, a apenas alguns quilômetros do centro de Ouro Preto. A hospedagem e o “dia na fazenda” são pagos, mas pode-se visitar, gratuitamente, o local para ver as plantações de rosas, animais e visitar as freiras, que hoje administram o lugar.