Um bate-volta na Philadelphia

Veja o que é possível fazer em um dia na Philadelphia

0
1703

A Philadelphia é uma cidade que está localizada na parte leste dos Estados Unidos, no estado da Pensylvania e conta com uma população de aproximadamente 1,6 milhão de habitantes. Já foi capital norte-americana e, por isso, tem um significado histórico importante para o país.

Veja Também: South Lake Tahoe: Um passeio diferente na costa Oeste Americana

Hoje, por ser uma cidade relativamente pequena e não possuir muitas atrações turísticas famosas, como as cidades mais próximas, a Philadelphia não é um dos lugares mais procurados do país, mas tem atrações turísticas bem interessantes e que merecem uma visita. Para você que está indo passar um tempinho em Nova Iorque, vale a pena fazer, pelo menos, aquele bate-volta até lá.

Veja Também: Brooklyn: O pedaço mais estiloso de Nova Iorque

Foto do City Hall em Philadelphia
City Hall em Philadelphia – Foto: Larissa Pinto

Conheça Philadelphia em um dia

Philadelphia tem uma distância de 150km para Nova Iorque. Então, se você está em NY e quer conhecer a cidade onde se passaram algumas cenas do filme Rocky Balboa, vamos te dar algumas opções.

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

Como chegar

Basicamente você terá duas maneiras (mais viáveis $$) de ir à Philadelphia partindo dessas duas cidades: trem ou ônibus. Claro que a opção mais rápida é o trem, que leva cerca de 1h20 cada trecho. Porém, é a opção mais cara: US$ 82 (ida e volta) + impostos. Você pode comprar a sua passagem com antecedência pelo site da Amtrak.

Se quiser economizar na passagem, sugiro que você vá de ônibus. A viagem é super tranquila, demora umas 2h30m, os ônibus são confortáveis e possuem tomadas e wi-fi grátis, você conhece um pouco da paisagem entre as duas cidades e, o melhor, ECONOMIZA. As passagens pela empresa Megabus, por exemplo, custam US$ 8 (ida e volta) + impostos. Pois é, gente!! Estamos falando de uma diferença de preço gigantesca!!

Veja Também: 4 situações que pedem um Seguro Viagem

O que fazer

Chegando à Philadelphia (caso você vá de ônibus), já é possível descer nas proximidades do Independence Hall, do Congress Hall e do Old City Hall, prédios com importância histórica e política, onde foram escritas a Declaração de Independência dos Estados Unidos e a Constituição Americana. Nas redondezas também há o Liberty Bell, sino quebrado símbolo da independência americana.

Veja Também: Disney: Guia de Viagem

Foto do Liberty Bell na Philadelphia
Liberty Bell na Philadelphia – Foto: Drbueller – iStockphoto

De lá, você pode ir andando até a Washington Square, que tem um monumento em homenagem a um Soldado Desconhecido da Guerra Revolucionária.

Com uma caminhada de 20 minutos pela Market St., você chegará ao Reading Teminal Market, que é um mercado central da Philadelphia, lembrando um pouco o Mercadão Municipal de São Paulo, só que maior e com produtos diferentes, como as comidas e doces do povo Amish.

Veja Também: Férias: 5 estratégias para você gastar menos em sua Viagem

Foto da torre do City Hall na Philadelphia
Torre do City Hall – Foto: Larissa Pinto

Saindo do mercado central, você pode querer conhecer a sede da prefeitura da Philadelphia, o City Hall, que é um dos prédios mais bonitos da cidade. É possível fazer visitas ao seu interior durante os dias de semana.

Ainda pelas redondezas, no começo da Benjamim Franklin Parkway, considerada uma Avenida das Nações, você encontrará a JFK Plaza, que é mais conhecida como Love Park. É a praça onde está a famosa escultura em vermelho da palavra LOVE. A praça em si não tem nenhum outro atrativo a não ser uma foto perto da escultura. Dependendo do dia, você encontrará um aglomerado de turistas buscando o melhor ângulo para a foto deles e das quatro letrinhas mágicas.

Veja Também: Dicas para você planejar sua viagem

Foto do Love Park na Philadelphia
Love Park na Philadelphia – Foto: Larissa Pinto

Honestamente, o tamanho da escultura é um pouco frustrante, achei que seria maior. Em Nova Iorque, há uma escultura igual e maior. Mas, dependendo da hora que você for, pode coincidir com o pôr do sol (como a foto acima), então não custa dar um pulinho lá.

Veja Também: 5 Dicas para Turistas de Primeira Viagem

A essas alturas você já deve estar cansado de só andar, mas ainda quer conhecer o Museu de Arte da Philadelphia por dois motivos: pelo museu e pelas famosas escadarias que aparecem no filme do Rocky Balboa.

Minha dica é: vá de ônibus ou de táxi, pois não tem metrô que te deixe perto e, a essa altura do campeonato, depois de bater tanta perna, você já está desejando um pouco de conforto.

Veja Também: Shanghai: destino imperdivel para os amantes da Ásia

Foto do Museu de Arte da Philadelphia
Museu de Arte da Philadelphia – Foto: Matt Rourke

O Museu de Arte da Philadelphia é um dos mais importantes dos Estados Unidos, com obras de Picasso, Cézanne e Dalí, foi inaugurado em 1877 e fica bem próximo ao Rio Schuylkill.

A entrada custa US$ 20 para adultos, mas te dá direito a entrar em outros museus (por dois dias consecutivos). No primeiro domingo de cada mês e toda quarta-feira você paga o quanto quiser na entrada.

Veja Também: Londres: 5 Passeios que não podem faltar na viagem

Por causa da repercussão da cena do Rocky subindo a escadaria do museu, esta recebeu o nome de Rocky Steps e há uma estátua de bronze do Rocky.

Em suma, Philadelphia não é uma cidade grande com inúmeros points badalados, mas tem seu charme e sua importância histórica para os Estados Unidos. O ideal seria passar uns 2 ou 3 dias, para visitar as atrações com mais calma. Mas se você não tem esse tempo disponível, vai de bate-volta mesmo. Você não vai se arrepender!

Veja Também: 10 passeios imperdíveis em Berlim

Dica

Se você for à Philadelphia, dê sempre uma olhada no que está rolando de programação cultural. Eu pesquisei com antecedência e consegui conciliar o passeio pela cidade com um show a noite do sensacional Jason Mraz, no Academy of Music.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here