Seguro Viagem: 10 Dicas para você não errar na contratação

A contratação se um seguro viagem ajuda a minimizar possíveis problemas longe de casa. Sendo muito importante a transparência na hora da contratação.

0
749

Um dos detalhes mais importantes ao planejar sua viagem é a contratação de um seguro viagem.

Durante uma viagem sabemos que imprevistos podem acontecer, por isso o seguro é uma maneira de prevenção para diminuir transtornos, como no caso de extravios de bagagem, contração de alguma doença e até mesmo em casos de acidente fatal, onde é preciso translado e pode gerar custos bem elevados.

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

Então o melhor é sempre se prevenir. O seguro viagem vai ajudar você a resolver esses tipos de problemas, oferecendo cobertura de despesas com saúde, proteção para riscos de morte e demais orientações.

O seguro viagem pode ser contratado em empresas corretoras ou agências de viagem. Os preços dependem do tipo de cobertura que você pretende contratar e até mesmo dos dias que vai permanecer fora.

Pensando na sua segurança e comodidade, separamos algumas dicas que podem ser bem úteis antes de colocar a mochila nas costas.

Veja Também: 4 situações que pedem um Seguro Viagem

Seguro Viagem
Fonte: Oconciergepb.com.br

Dicas para você não errar na escolha do seguro viagem

1-Exija o contrato

O cliente deve exigir da empresa pela qual está contratando o seguro viagem o contrato de recebimento do produto, explicando de maneira sucinta todos os benefícios que o cliente tem direito.

2-Leia o contrato

Segundo o artigo 6º, inciso III do Código de Defesa do Consumidor, o direito à informação é um direito básico de quem adquire um serviço ou produto. Portanto, você está no seu direito em exigir da empresa que está contratando o seguro viagem que seja claramente bem informado na hora de contratar este tipo de serviço. Salienta-se ainda, a importância de verificar com bastante atenção as cláusulas de exclusão do seguro, que devem estar em destaque no contrato.

Veja Também: 5 Dicas para Turistas de Primeira Viagem

3-Fale dos tipos de atividades que pretende fazer durante a viagem

Se está incluído nos planos de sua viagem a prática de esportes radicais ou qualquer outra atividade de arriscada, avise ao seu corretor para que procure um seguro adequado a você, a fim de evitar problemas posteriores.

4- Seguros contratados no exterior

Muitas pessoas optam pela compra de seguro viagem do exterior através da internet. Embora muitos sejam bons, e cumpram o que diz na apólice, você pode ter a falta de sorte de contratar um que seja o contrário, e sendo assim, não terá a quem recorrer no Brasil, já que a legislação é diferente.

Veja Também: 10 dicas de como prevenir perdas e roubos de bagagem

5- Solucione dúvidas com a Susep

Se você precisar de esclarecimentos referentes a seguradora ou corretora que você pretende contratar, ou em caso de dúvidas referentes aos seus direitos como segurado, a Superintendência de Seguros Privados (SUSEP) disponibiliza um canal de atendimento por telefone (0800 021 8484).

Como fazer um seguro viagem
Fonte: piccadillyturismo.site

6-Seguro ou assistência?

A Federação Nacional de Previdência Privada e Vida (Fenaprevi), afirma que existe uma defasagem entre seguro viagem e assistência viagem.

Quando você contrata um seguro viagem, em caso de emergência o segurado deve procurar por conta própria ou juntamente com a seguradora, o melhor lugar para atende-lo e pagar todos os serviços prestados (hospital, exames, medicamentos), e pedir o reembolso.

No caso de assistência, é oferecido ao segurado uma central de atendimento especifica de prestadores de serviços hospitalares, e em caso de emergência, o cliente poderá contratar essa central, que irá coordenar até o hospital mais próximo.

Veja Também: Seus direitos em caso de atrasos ou cancelamentos de voos

7-Reclame

No caso de se sentir prejudicado na utilização de seu seguro viagem faça as devidas reclamações, pois o consumidor precisa exigir seus direitos, e nos dias de hoje tem sim muito poder para melhorar a qualidade do que compra.

8- Fique atento à obrigatoriedade do seguro para entrar em alguns países

A maioria dos países da Europa exige que os turistas contratem um seguro viagem com cobertura mínima de 30 mil euros. Dentre eles estão:

  • Alemanha
  • Áustria
  • Bélgica
  • Dinamarca
  • Eslováquia
  • Espanha
  • Estônia
  • Finlândia
  • França
  • Grécia
  • Holanda
  • Itália
  • Irlanda
  • Islândia
  • Letônia
  • Lituânia
  • Portugal
  • Reino Unido
  • República Tcheca
  • Romênia
  • Suécia
  • Suíça

Veja Também: Supreenda-se com Perth: A Capital mais charmosa da Austrália

9- Compare preços

Os preços dos seguros viagem variam bastante, de R$ 10,00 por dia a mais de R$ 50,00 a diária. É importante verificar os preços nas corretoras, seguradoras e agências de viagem, pois algumas oferece seguros que podem ser feitos até mesmo online, de maneira fácil e rápida.

10- Verifique se o plano cobre doenças crônicas preexistentes

Caso o segurado possua uma doença crônica e passe por uma crise em outro país, a maioria dos seguros de viagem não possui cobertura este tipo de despesa. Então é muito importante que o segurado verifique juntamente com seu corretor ou seguradora no ato da contratação, se o seguro inclui doença preexistente.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA