Pontos Turísticos de Cusco no Peru

Encontre aqui informações sobre a cidade de Cusco, o “umbigo do mundo”, visite e tenha uma imersão na história!

1
3281

Quando se pensa em Peru, Cusco com certeza é um dos destinos que vem a sua mente. A cidade fica na Serra Andina ao sul e é ponto de passagem obrigatório para quem vai a Machu Picchu, tem muito a oferecer e grandes chances de virar seu ponto de parada.

Veja Também: Gastronomia do Peru: O sabor do tempero Peruano

Todos que vão a Cusco comentam que o lugar tem algo de mágico, talvez seja pelo sincretismo de culturas por todos os lados onde os espanhóis e incas disputavam pelo mesmo espaço.

Então se você está há tempos preparando seu mochilão pela América do Sul ou guardando um dinheiro para sua próxima viagem que ainda não tem destino, reserve uns dias a mais para Cusco. Veja a seguir algumas dicas para tornar sua experiência a melhor possível:

Veja Também: Ica: conheça as linhas de Nazca e um oásis no Peru

Guia turístico de Cusco

Como chegar?

Isso depende do quanto você quer gastar e de quanto conforto você quer. Para os mais aventureiros há a opção de sair do Brasil de ônibus pela empresa Ormeño, o ônibus sai de São Paulo com destino a Lima (tem uma parada em Cusco) e custa 550 reais.

Veja Também: Norte do Peru: muito além de Machu Picchu

Por terra há outra opção também, de fazer um roteiro mais fragmentado pegando vários ônibus, a saída é pelo estado do Mato Grosso, em uma cidade que faz fronteira com a Bolívia. Na internet há vários relatos de quem fez essa rota para chegar no Peru.

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

Para quem não quer passar 5 dias em um ônibus, há a opção de ir de avião. É só se programar ou ficar atento a promoções que é possível viajar assim sem grandes danos no seu orçamento. Os voos tem destino a Lima, capital peruana, e de lá você pode pegar outro avião para Cusco ou ir de ônibus( a viagem de ônibus leva um dia inteiro).

Veja Também: 4 situações que pedem um Seguro Viagem

O que fazer?

Plaza de Armas
Plaza de Armas em Cusco
(Foto: Wikipédia)

Você deve fazer um passeio pelo centro histórico de Cusco. Os traços da arquitetura colonial espanhola estão em cada prédio, é tudo muito bonito, porém é importante lembrar que tudo foi construído em cima das construções incas. De qualquer forma, é a história exposta diante dos seus olhos! Ao redor da praça tem vários museus e no centro dela ainda a estátua de um índio, diferente da Plaza de Armas de outras cidades onde geralmente tem a figura de um ‘libertador’ espanhol na parte central.

Veja Também: Norte do Peru: muito além de Machu Picchu

Bairro de San Blas
Bairro de San Blas em Cusco no Peru
(Foto: site portalmachupichu.com)

O bairro dos artesãos, é charmoso e cheio casinhas históricas. Caminhar pelas ruas estreitas é garantia de voltar no tempo, só se prepare para passear por lá pois com a altitude qualquer caminhada vira uma maratona. Ao contrário do resto do Peru, em que o trânsito é caótico e as pessoas seguem no ritmo frenético da vida, aqui você vai encontrar paz e boas energias.

Veja Também: Guia turístico para você fazer a Trilha Inca no Peru

Complexo Arqueológico de Sacsayhuaman

Complexo Arqueológico de Sacsayhuaman em Cusco
(foto: Wikimedia)

Aqui já é possível começar a ver a genialidade dos incas, que há muito tempo atrás já dominavam técnicas de engenharia. Nesse complexo é possível ver edificações construídas de pedra, elas eram polidas e encaixadas perfeitamente umas sobre as outras, algumas chegam a pesar toneladas.

Veja Também: As melhores praias do Peru

Templo do Sol (Coricancha)

Coricancha em Cusco
(foto: Håkan Svensson)

Aqui também é possível observar as pedras de ruínas incas. Na parte de dentro funciona um museu onde se pode aprender mais sobre a cultura inca, inclusive sobre suas divindades como o sol e a lua, e a forma como entendiam o universo, através de seus conhecimentos astronômicos. No mesmo prédio há também parte da cultura colonial espanhola como quadros e móveis.

Veja Também: Mochilando pelo Norte do Peru

Na Plaza de Armas é possível comprar vários tipos de pacotes turísticos, tanto para museus, quando para sítios arqueológicos que ficam próximos de Cusco.

Nos órgãos turísticos oficiais é possível comprar um bilhete para 16 atrações, entre elas as citadas aqui e outros museus e sítios arqueológicos*. O preço do bilhete fica:

  • Bilhete Turistico Cusco Integral – BTCL S/. 130.00
  • Bilhete turístico Integral para estudantes estrangeiros – BEE S/. 70.00

*Esse bilhete não inclui Machu Picchu

Veja Também: Peru: Cusco, Águas Calientes e Machu Picchu

Machu Picchu

Machu Picchu em Cusco
(Foto: Allard Schmidt)

Vale lembrar que aquela parte que aparece na clássica foto que todos têm quando visitam Machu Picchu não é a única atração de tirar o fôlego nessa região. Existe todo um complexo de agricultura suspensa e na região ‘urbana’ o Templo do Sol, o Intihuatana ou observatório solar, o Templo das Três Janelas, o Templo Principal e o Setor Condor.

Veja Também: Férias: 5 estratégias para você gastar menos em sua Viagem

No site oficial do governo o preço para ingresso no Complexo de Machu Picchu é de 152 soles para estrangeiros, ou seja, para aqueles que não tem uma identidade andina (países percorridos pela cordilheira dos andes). Para comprar os ingressos e mais informações, acesse o site http://www.machupicchu.gob.pe/.
Deu vontade de viajar? Não perca tempo e comece já a programar sua próxima viagem. Cusco aguarda por você!

1 COMENTÁRIO

  1. Um excelente post Júlia recomendaria também visitar os arredores da cidade e contemplar o Vale Sagrado dos Incas, os povoados de Pisac, Urubamba, Ollantaytambo e Chinchero. Com certeza são lugares ideais para relaxar e esquecer de tudo, abraços.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here