Olinda: De cidade histórica a Patrimônio Cultural da Humanidade

Conheça os pontos turísticos de Olinda, saiba um pouco da história e dos costumes da cidade situada no alto das colinas em Pernambuco, próximo a Recife.

0
2852

Situada no alto das colinas a 6 km de distância do Recife, Olinda é considerada uma das cidades históricas do estado de Pernambuco, além de já ter sido sua capital e desde 1982 ter sido declarada pela UNESCO como Patrimônio Cultural da Humanidade.

Veja Também: Nos caminhos da Estrada Real

Antes aldeia dos índios, depois uma das Capitanias Hereditárias, teve o mais importante centro comercial da colônia. Também não foi exceção quanto à chegada das primeiras ordens religiosas, onde houve a catequização e consumação da conquista das terras. Porém, após a invasão e o incêndio sofrido pelos holandeses, Olinda precisou ser reconstruída. E que bela reconstrução houve, embora secularizada, mas não ofuscada, Olinda adquire sua importância em relação a Recife. Com sua transformação urbana passa a ser visitada não somente na temporada de verão.

Veja Também: Lavras Novas: conheça e surpreenda-se

Igreja Barroca de Olinda

Conheça Olinda

Sendo assim, pra você que pretende conhecer a cidade, o ano todo poderia ser recomendado para se dar uma “passadinha” por lá, afinal em virtude do clima tropical a temperatura média é de 28° C, sem contar que há muita cultura e história para ser vista em um só lugar, como as mais de 10 igrejas listadas no mapa turístico que é cedido pela EMPETUR (Empresa de Turismo de Pernambuco).

Veja Também: Penedo: Uma cidadezinha alagoana com grandes histórias

Quando ir

Nos meses de novembro até o mês de carnaval que a cidade passa a ser mais procurada. Também é pra tanto o aumento do número de turistas, pois com o passar da história e com a junção dos costumes de brancos,

Bonecos de Olinda
Foto: Passarinho; Chico Atanásio/Pref.Olinda

negros e índios surge em Pernambuco o frevo e o passo, que vão fazer parte da folia de Olinda, porém com um diferencial, os seus bonecos gigantes, que chegam a pesar de 12 a 50 quilos, e que alguns podem ser encontrados no Mercado da Ribeira que está localizado na Rua Bernardo Vieira de Melo, no sítio histórico de Olinda.

Veja Também: Paranapiacaba: Os encantos da Cidade Luz

O que fazer em Olinda

E haja entusiasmo para andar e dançar pelas ruas e ladeiras da Cidade Alta! Mas não podemos descartar os outros mercados como o do Alto da Sé e o Eufrásio Barbosa, bem com as lojas, galerias e ateliês que são encontradas em algumas ruas da cidade e que possuem muito artesanato e lembrancinhas para não esquecer a cidade. O que é difícil acontecer, já que é uma cidade encantadora, e que deixa sua marca, com ou sem lembrancinha.

Veja Também: Mangue Seco: A pérola da Bahia

E falando em esquecer não podemos deixar de falar do Alto da Sé, onde esta consegue proporcionar uma visão da Olinda quase que inteira. Além de possuir uma feirinha onde se encontra não somente o que comer, mas também artesanatos e grupos de pessoas animadas que passam por lá e que ficam batendo papo, apreciando a vista e tirando fotografias.

Sem falar na Caixa D’Água e Elevador Panorâmico, também situados no Alto da Sé e que proporciona ao visitante uma vista privilegiada, de 360°, da cidade de Olinda e de Recife (aberta das 14h às 17h), além de ter exposições e outras atividades voltadas ao turista.

Veja Também: Jericoacoara: Uma das praias mais lindas do mundo

Onde ficar

Mas se sua preocupação é onde se hospedar, para seu conforto, alegria e paz de espírito a cidade conta com muitas pousadas e hotéis, bem como um hostel para aqueles que são ou não associados.

Veja Também: Canoa Quebrada: próximo destino

Praias

Entretanto, se sua vontade além de se hospedar é dar um bom mergulho, creio que podemos tratar disso em outro post, já que a fama das praias de Olinda diz que elas não são apropriadas para banho.

Veja Também: Porto de Galinhas: vá hoje e volte sempre

O que comer

Quanto à comida, posso lhe garantir sossego já que a cidade possui bares, restaurantes, docerias, sorveterias, cafeterias, lanchonetes entre outros, a beira da orla, ou não, mas com pratos típicos do nordeste.

Veja Também: 10 dicas para você manter a forma nas férias

Pontos turísticos

Percebendo o quão grande é o patrimônio histórico desta cidade, não podemos deixar de citar os outros lugares que Olinda possui, mas que fica difícil se prender a todos os detalhes ou até mesmo a dimensão da sua história e cultura já que estes vêm de muito além, uma prova disso são esses pontos turísticos que valem a pena serem visitados como:

Veja Também: 7 dicas para você planejar as férias inesquecíveis

  • Biblioteca Pública de Olinda

    Museu do Mamelungo em Olinda
    Foto: Passarinho/Pref.Olinda
    Museu do Mamelungo
  • Casa de João Fernandes Vieira
  • CEMO (Centro de Educação Musical de Olinda)
  • Coreto da Praça da Preguiça
  • Farol de Olinda
  • Observatório Astronômico
  • Palácio dos Governadores
  • Sobrado Mourisco da Rua do Amparo
  • Sobrado Mourisco da Praça de São Pedro
  • MAC (Museu de Arte Contemporânea)
  • MASPE (Museu de Arte Sacra de Pernambuco)
  • Museu do Mamelungo
  • Museu Regional de Olinda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here