O que você pensa quando lembra de Brotas?

A poucas horas da capital paulista, Brotas oferece um grande número de atividades relaxantes ou radicais para o turista, além de muitas opções de boa gastronomia e divertimentos diversos.

0
1204

Quando o paulista pensa em turismo de aventura, Brotas logo vem à cabeça. Afinal, já faz alguns anos, a cidade foi consagrada com o título de “capital do turismo de aventura”. E convenhamos que esse título parece ser justo, mas a cidade tem muito mais pra oferecer!

São várias companhias que promovem trilhas, rafting, tirolesa, passeio de quadriciclo, canionismo… por aí vai!

Veja Também: Chapada das Mesas: Um tesouro escondido no Maranhão

O rafting pelo rio Jacaré, um dos principais da região de Brotas, é uma ótima opção pra quem curte esportes radicais e existe até a possibilidade de pular na água numa parte mais calma do rio! Só que nas partes com pedras é importante tomar cuidado e se segurar bem no bote, porque a correnteza é forte!

Pra quem curte se molhar, tem ainda a opção do kayak, que dá mais velocidade no rio! Pra quem vai em grupo de três pessoas vale muito a pena!

Veja Também: South Lake Tahoe: Um passeio diferente na costa Oeste Americana

Passeios em Brotas para todos os gostos

Outro passeio que indico é a tirolesa, que te dá a possibilidade de uma vista maravilhosa dos vales de Brotas! Eu fui no Voo do Tarzan, que é uma rede constituída por cinco — quando fui eram 4 — tirolesas, formando quase 2.000 m de voo no total! Uma das maiores do Brasil e onde você pode ficar a 120 metros do chão!

Veja Também: Norte do Peru: muito além de Machu Picchu

Tirolesa em Brotas
Foto por territórioselvagem.com.br

E pra quem curte ficar mais de boa na lagoa — meio que literalmente —, tem a famosa Areia que Canta, onde o turista encontra uma nascente cujo solo é de areia e que, quando pegamos um punhado em cada mão e esfregamos, podemos ouvir um som bem particular!

Veja Também: Guia turístico para você fazer a Trilha Inca no Peru

Areia que canta em Brotas
Foto por areiaquecanta.com

Se você é uma dessas pessoas, acho que o passeio a cavalo também vai te agradar: você vai até a Fazenda Sinhá Ruth e pega um cavalo e, junto com o guia, segue até um certo ponto, passando por alguns riachos bem bonitos.

É legal perceber que os cavalos já até sabem o caminho! Aí, num determinado ponto, você desce do cavalo e entra numa pequena trilha pra chegar a uma cachoeira linda e muito gostosa! Mas não se preocupe porque o tempo de caminhada é compensado pela natureza.

Veja Também: Nos caminhos da Estrada Real

Lá você pode ficar durante um bom tempo, relaxando…

Se você gostou da ideia, existem ainda outras cachoeiras pra visitar:

  • 3 Quedas
  • Cassorova
  • Escorregado
  • Saltão
  • Martello
  • Astor
  • Parque dos Saltos
  • Sítio 7 Quedas

E pra quem curte cachoeira e aventura, existe ainda a opção de fazer a canionismo (ou rapel, se você preferir) com algumas companhias!

Veja Também: Monte Verde: Um pedacinho da Suíça no Brasil

Rapel em Brotas
Foto por brotas.com.br

Ok, mas você não quer andar a cavalo? Prefere motores? Que tal então fazer um passeio de quadriciclo?

Você tem a possibilidade de ir à cachoeiras, atravessar rios ou passear pelo Parque Aventurah!

Na sessão “aficionados” por motor, dá ainda pra alugar um Jeep e andar nas pistas off-road de Brotas!

Pros ciclistas de plantão ainda existe a possibilidade de pegar a bike e se aventurar pelas trilhas das serras e cachoeiras.

Veja Também: Gramado: Guia de Viagem

E que tal fazer um arvorismo com a molecada? Esse tipo de atividade faz o maior sucesso entre pequenos e grandes!

Mas vamos voltar pro centro de Brotas: aos finais de semana na Praça Amador Simões, acontece a feira de artesanato da região, onde você pode encontrar além de artesanatos, doces caseiros e produtos da região como cachaça, mel, queijos…

Veja Também: Lavras Novas: conheça e surpreenda-se

Se você se interessa por estrelas e astronomia em geral — ou só quiser admirar mais de perto a mãe natureza—, uma boa dica é o CEU – observatório e planetário, onde você pode contemplar o universo através de telescópio ou sessões 3D! Uma boa pra quem viaja com os pequenos!

Mas se você preferir comer, o centrinho está lotado de restaurantes e bares, desde os mais tradicionais até os mais modernetes que não deixam nada a dever às grandes cidades!

Veja Também: Paranapiacaba: Os encantos da Cidade Luz

Minha dica especial de comida foge um pouco do centro, sendo mais perto do rio — na verdade só descobri porque ficava do lado do hotel que eu fiquei quando fui —, é o Alex Silva Lanches, uma burguesia muito gostosa que serve desde lanches para pessoas normais até o mega Ignorante®, que tem o diâmetro do prato e recheado com dois hambúrgueres, frango, bacon, calabresa, presunto, 2 ovos, catupiry®, mussarela, milho, azeitona e tomate!

Veja Também: Viaje e conheça Serra Negra

O meu favorito é o Fraldinha Burger®, hambúrguer de fraldinha com mussarela e tomate.
Mas mais lá pro centro tem o famoso Bar Brotas, super bem decorado e cheio de vida — um pouco mais caro também — e muito badalado! Vale a pena ir dar uma conferida, tomar um cervejinha…

Falando em cerveja, pra quem gosta, Brotas tem uma cerveja muito especial da região, Brotas Beer, um bom souvenir ou mesmo uma boa pra experimentar na cidade.

Veja Também: Pontos Turísticos da Serra Gaúcha

Brotas Beer
Foto por rockbreja.com

Onde ficar

Agora que eu já te vendi a comilança e a andança, vamos falar de hospedagem?

É o seguinte: como Brotas foi consagrada com o título de “capital do turismo de aventura”, o setor hoteleiro cresceu muito nos últimos anos — o que é ótimo para o turista como eu e você 😉 —, então você pode encontrar desde campings (como o 3 Quedas e Fazenda das Palmeiras) e pousadas mais simples (como Pé na Terra e Mãe Terra), só pra você recarregar a bateria para mais um dia de aventura, até resorts super-estruturados (como o próprio Hotel Areia que Canta ou o Brotas Eco Resort) de onde você não vai querer sair.

Veja Também: Canela uma especiaria de encanto na Serra Gaúcha

Dicas

E se você quiser levar seu pet, tem alguns hotéis que aceitam, vale a pena perguntar!

E chegou a hora de ir embora, como levar um pedacinho de Brotas contigo? Pra quem curte cachaças, a dica é a Casa das Cachaças ou ainda o Empório Brotas, onde você pode encontrar algumas cachaças artesanais, além da famosa cerveja e outras gostosuras…

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

Mas espalhadas pela cidade você ainda pode encontrar outras lojas menores que vendem alguns bons produtos locais também!

A última dica que eu tenho pra te dar é levar um lanchinho de casa se você for emendar dois passeios num dia, porque muitas vezes não dá muito tempo entre um e outro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here