O que fazer em São Paulo: Pontos turísticos e atrações na cidade

Confira nossas dicas e saiba o que fazer em São Paulo. Conheça os principais pontos turísticos e as melhores atrações dessa cidade rica em cultura e diversão.

0
545

São Paulo é a cidade mais populosa do Brasil e a sétima do planeta.

Centro econômico e financeiro do País, ganhou o estigma de cinzenta e impessoal, após a industrialização brasileira nos anos 1950, assim permanecendo por longos e longos anos, sendo seu turismo voltado, quase que exclusivamente, a executivos que vinham à cidade a negócios.

De alguns anos para cá, entretanto, principalmente com a ascensão do carnaval dos blocos de rua, que arrastam milhões de pessoas por toda a cidade, a capital paulista acabou sendo redescoberta, tanto por seus próprios moradores, como por turistas brasileiros e estrangeiros.

De cultura rica e abrangente, São Paulo, a cidade que recebe a todos sem distinção (são imigrantes e descendentes de mais de 196 nações, segundo dados de 2016), criou uma identidade própria e, com isso despertou o interesse do público em conhecer mais de perto seus encantos e atrações turísticas.

Veja Também: Os 8 melhores bairros para se hospedar em São Paulo

E mais: São Paulo: a cidade que não para

Trazemos a seguir as melhores dicas sobre o que fazer em São Paulo, para que você tenha condições de explorá-la em grande estilo e com muita cultura e diversão.

Aproveite!

O que fazer em São Paulo: Avenida Paulista e suas atrações

O que fazer em São Paulo: Visitar a Avenida Paulista
Fonte: Viagem e Turismo

Avenida mais famosa do Brasil, e também uma ótima dica de o que fazer em São Paulo, a Paulista é um dos principais pontos turísticos de São Paulo.

Isso porque ela é uma avenida viva, que abraça todos os tipos de tribos e programas, desde os mais formais até os mais alternativos.

Não deixe de visitar o MASP, o Instituo Moreira Sales, o Centro Cultural FIESP, o Itaú Cultural, o Conjunto Nacional (onde fica a gigante Livraria Cultura) e a Casa das Rosas, grandes redutos de cultura e arte da cidade.

Caminhe também pelo Parque Trianon, pela feirinha de artesanato e antiguidades e dê uma pausa para um lanche nas dezenas de lanchonetes e restaurantes da avenida, incluindo os localizados nos sete shoppings existentes por ali.

Aos domingos, a avenida é fechada para a passagem de carros, abrindo espaço para pedestres, ciclistas, famílias, grupos, apresentações musicais e intervenções artísticas.

Veja Também: Visite a Cidade de São Paulo

Mercado Municipal

O que fazer em São Paulo: Visitar o Mercado Municipal
Fonte: E aí, férias!

Opção mais que incrível de passeio para quem não sabe o que fazer em São Paulo.

O Mercado Municipal traz uma variedade infinita de frutas, queijos, salames e outros petiscos tradicionais e exóticos que merecem ser degustados e apreciados com calma.

Além disso, é do Mercado Municipal o sanduíche de mortadela mais amado do Brasil.

Vale a pena experimentar.

Veja Também: As 15 praias mais bonitas de São Paulo

Parque do Ibirapuera

O que fazer em São Paulo: Visitar o Parque do Ibirapuera
Fonte: Casal Tiago e Gabi

Um dos recantos favoritos dos paulistanos, o parque do Ibirapuera também encanta os turistas que vêm à cidade.

Possui uma extensa área verde onde os visitantes aproveitam para caminhar, correr, andar de bicicleta e skate e fazer piqueniques em família aos fins de semana.

O Parque do Ibirapuera também promove inúmeras atrações culturais em seus espaços: o Museu de Arte Moderna (MAM), a Fundação Bienal, que reúne algumas das mais importantes feiras de cultura e negócios do País, o Museu Afro Brasil, o Planetário e o Auditório do Ibirapuera, conhecido por trazer ao público grandes atrações musicais a preços populares.

Próximo ao parque também é possível estender a visita até o Museu de Arte Contemporânea (MAC).

O parque do Ibirapuera se torna ainda mais bonito no fim do ano.

É nele que é erguida em dezembro a imponente árvore de Natal de São Paulo e realizadas as danças das fontes com luzes especiais que culminam com a visita do Papai Noel e suas renas mágicas.

Veja Também: As 6 melhores praias de Bertioga no litoral norte de São Paulo

Gastronomia

O que fazer em São Paulo: Aproveitar a gastronomia
Fonte: Hotel hírek

São Paulo é conhecida por ser o maior centro gastronômico do Brasil, adotando e adaptando a culinária de diversos Países e regiões brasileiras.

Por isso, uma vez na cidade, não deixe de aproveitar alguns restaurantes e comidas de rua, com destaque para o pastel de feira com caldo de cana, o sanduíche de bauru em uma das 3.200 padarias do município, as pizzas (a cidade é a segunda maior consumidora do mundo desta delícia), os restaurantes italianos, japoneses, portugueses, franceses, indianos, nordestinos e por aí vai.

Destaque para os bairros:

  • da Liberdade, onde há a maior concentração de restaurantes japoneses por m² que você já viu;
  • o Bixiga, bairro italiano que é palco da famosa festa gastronômica de Nossa Senhora Achiropita;
  • a Mooca, que recebe a também italiana Festa de San Genaro e o CTN (Centro de Tradições Nordestinas) no bairro do Limão, recanto gastronômico e de shows dedicados aos moradores da cidade vindos desta região do Brasil, mas onde todos são sempre muito bem recebidos.

Veja Também: Ubatuba, o paraíso do litoral paulista

Cinemateca Brasileira

O que fazer em São Paulo: Visitar a Cinemateca Brasileira
Fonte: AdoroCinema

Fundada na década de 1940 por estudantes de filosofia da Universidade de São Paulo.

A Cinemateca Brasileira disponibiliza aos visitantes um acervo riquíssimo de festivais de cinema e exposições.

Seus edifícios, construídos no século 19, são uma atração à parte e tombados como patrimônio da cidade.

Uma ótima opção para quem não sabe o que fazer em São Paulo.

Veja Também: 7 Razões para ir a Maresias: a praia mais badalada do litoral Norte de SP

O que fazer em São Paulo: Visitar a Rua 25 de Março

O que fazer em São Paulo: Visitar a Rua 25 de Março
Fonte: Notícias ao Minuto Brasil

Há quem ame e há quem odeie a Rua 25 de Março, um dos grandes símbolos de São Paulo.

O que podemos afirmar, no entanto, é que é impossível ficar indiferente a este cantinho peculiar da cidade.

Lá se concentra o maior comércio popular do Brasil e atrai todos os dias milhares de pessoas em busca dos melhores e produtos e custos-benefícios.

Ali é possível encontrar de tudo, até mesmo itens inusitados a preços imbatíveis e que, volta e meia, viram febre pelas ruas da cidade.

Outros centros comerciais famosos de São Paulo são:

  • a Liberdade (artigos japoneses);
  • a Santa Ifigênia (tecnologia e Informática);
  • as José Paulino e Brás (roupas a preços populares);
  • a Oscar Freire (lojas de luxo).

Veja Também: 5 pousadas perto de São Paulo para curtir o friozinho

Horto Florestal e Serra da Cantareira

O que fazer em São Paulo: Visitar a Serra da Cantareira
Fonte: Guia da Semana

No extremo norte de São Paulo, a presença da natureza é capaz de fazer qualquer um esquecer que está em meio a uma metrópole gigante.

Conhecer é uma dica incrível para quem está a procura de o que fazer em São Paulo.

Neste pedacinho verde da cidade, o visitante encontra o Horto Florestal (Parque Estadual Alberto Löfgren), área de 187 hectares de Mata Atlântica preservada, que abriga animais silvestres, lagos e áreas de lazer para toda a família.

No Horto são encontradas espécies nativas da flora brasileira consideradas raras, como o caso do pau-brasil.

O Horto também acomoda o Museu Florestal Octávio Vechi, a Casa de Inverno do Governador do Estado e o monumento do Trópico de Capricórnio, onde passa esta linha imaginária.

Ainda na região, o visitante se surpreende com a beleza da Serra da Cantareira, onde são imperdíveis a visita ao Velhão e aos seus restaurantes e antiquários rústicos.

Próximo também, é possível fazer uma trilha ecológica até o alto da Pedra Grande, de onde se tem uma vista incrível de toda a cidade de São Paulo.

Veja Também: 12 refúgios no interior de São Paulo para você se desconectar do mundo e entrar em contato com a natureza

Museu da Imagem e do Som (MIS)

O que fazer em São Paulo: Visitar o MIS
Fonte: Catraca Livre

Um dos museus mais criativos e tecnológicos de São Paulo.

O MIS (Museu da Imagem do Som) traz sempre ao público exposições incríveis que lotam o espaço todos os fins de semana.

Dedicadas a ícones da música, TV e do cinema mundial, as exposições tem o propósito de provocar uma verdadeira imersão do espectador no mundo, obra e na imaginação dos artistas.

Veja Também: Férias: 5 estratégias para você gastar menos em sua Viagem

Centro de São Paulo

O que fazer em São Paulo: Visitar a estação da luz
Fonte: Governo do Estado de São Paulo

O centro de São Paulo surpreende pela arquitetura e pelos monumentos e prédios históricos que estão à disposição para serem desfrutados pelos turistas e moradores da cidade.

Comece o tour pela Estação da Luz.

A estação de trem, construída em estilo inglês há mais de um século, é um dos ícones da arquitetura da cidade.

É ali que fica também o Museu da Língua Portuguesa, atualmente fechado para restauração após sofrer danos em um incêndio, no final de 2015.

Estima-se que o museu será reinaugurado ainda em 2018.

Do outro lado da rua, encontramos a Pinacoteca do Estado, com suas grandes exposições de arte a preços populares que merecem ser visitadas e o Parque da Luz, o mais antigo de São Paulo.

É no centro de São Paulo também que o visitante pode apreciar algumas das mais belas óperas e concertos da cidade, seja na Sala São Paulo (onde a Orquestra Sinfônica do Estado se apresenta todos os domingos) ou no Theatro Municipal.

Na região, também estão localizados o Centro Cultural Banco do Brasil, a Caixa Cultural, o Mosteiro de São Bento, a Catedral da Sé, a BM & FBovespa, o Edifício Martinelli (de onde se pode contemplar a cidade do alto), a Galeria do Rock, os famosos edifícios Itália e Copan e o Patteo do Coleggio, local onde São Paulo foi fundada.

São varias as opções para quem está em busca de o que fazer em São Paulo.

Veja Também: 5 dicas para você planejar sua viagem e não ter imprevistos

O que fazer em São Paulo: Ir a Barra Funda

O que fazer em São Paulo: Visitar o Parque da Água Branca
Fonte: Passeios Kids

O bairro da Barra Funda, na zona oeste de São Paulo, possui inúmeros pontos turísticos para quem ama a cidade.

A começar pelo Memorial da América Latina conhecido, não só por suas exposições que ressaltam a cultura do homem latino, como por feiras gastronômicas, exposições itinerantes, convenções, festas e corridas de rua.

É na Barra Funda também que está localizado o Parque da Água Branca, um pedacinho do campo dentro da cidade, famoso por seu haras, aquário e por deixar diversos animaizinhos soltos, como galinhas, que convivem harmonicamente em meio aos visitantes.

O espaço também promove as famosas feiras orgânicas, ótima opção para quem deseja adotar uma vida mais saudável gastando menos.

Para quem adora aproveitar a vida noturna, o bairro também conta com diversas casas de show, com destaque para o Espaço das Américas e o Villa Country.

Veja Também: Como Conseguir Voos Baratos De Última Hora

Boemia

O que fazer em São Paulo: Visitar o boteco Salve Jorge
Fonte: Guia da Semana

Região tradicionalíssima de São Paulo, a Vila Madalena é o bairro boêmio da cidade, com bares sofisticados onde as mesas são disputadíssimas aos fins de semana.

Dentre os botecos mais famosos estão o “Salve Jorge”, o “Todos os Santos”, o “Vila Seu Justino” e o “São Bento” com suas imperdíveis caipirinhas exóticas com picolé.

Além da Vila Madalena, a cidade possui outras regiões famosas para quem ama um barzinho, como a Rua Engenheiro Caetano Álvares, na zona norte de São Paulo e a Avenida Luís Dumont Villares, conhecida como Avenida Nova, também na zona norte.

No bairro de Santana a sensação é o Bar do Luís, conceituado, principalmente, pelos petiscos de boteco, inúmeras vezes premiado pelo concurso “Comida de Boteco” (o bolinho de bacalhau é fantástico).

São ou não são ótimas dicas para quem está em busca de o que fazer em São Paulo?

Veja Também: Seus direitos em caso de atrasos ou cancelamentos de voos

Noite Paulistana

O que fazer em São Paulo: Visitar curtir a Noite Paulistana
Fonte: Biosom

Além dos bares, para quem não abre mão de uma boa balada, o que não falta em São Paulo são casas noturnas de qualidade que fazem a noite paulistana ferver.

Nos bairros da Vila Olímpia, Moema e Pinheiros estão concentradas as principais festas da cidade, com destaque para a Secret Lounge, a Royal Club e o Clube A.

Já a Rua Augusta é perfeita para quem prefere baladas mais alternativas e democráticas.

Veja Também: 5 ideias para você saber o que fazer a noite em São Paulo

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here