Nos caminhos da Estrada Real

Em tempos de tropas de cavalos e bandeirantes heroicos e sanguinários, o ouro do Imperador atravessava as distâncias do Brasil Colônia percorrendo os caminhos da Estrada Real.

0
1888

Durante o período colonial do Brasil, o ouro extraído em Minas Gerais saía das minas de Villa Rica e Mariana, percorria quilômetros de terras e serras até ser embarcado para a Europa saindo da vila de Paraty. O caminho percorrido ficou conhecido como Estrada Real.

Veja Também: Maceió: Um destino para férias inesquecíveis

Muitas são as histórias da Estrada Real, mais ainda são os caminhos, mas os fatos eu pude ver pessoalmente em várias ocasiões. Cruzando três estados, de Diamantina, no extremo norte de Minas Gerais, passando por Rio de Janeiro e até São Paulo, a Estrada Real era a rota dos minérios.

Veja Também: O que fazer no Rio de Janeiro

De Diamantina, vinham os diamantes que desciam por Conceição do Mato Dentro e a famosa Ouro Preto, outrora Villa Rica, seguindo por Ouro Branco e São João Del Rei, passando pelas fazendas de café de São Paulo e inclinando para o Rio de Janeiro. Aqui a estrada se dividia. Ora seguia até Paraty e então para a Europa, indo para Portugal e Espanha, ora indo para a capital do estado, cidade do Rio de Janeiro, que em breve seria a capital do vindouro Império do Brasil, e também seguindo para enfeitar a Corte Portuguesa.

Veja Também: Portugal: Um Guia rápido para conhecer o país

mapa da estrada real
Fonte: Governo do Estado de Minas Gerais

Porque Estrada Real

O nome Estrada Real data do século XVII (dezessete), quando sua construção começou. Servia para ligar as regiões de extração de ouro do interior de Minas Gerais ao litoral carioca. No começo, o trajeto da Estrada Real ia de Villa Rica do Ouro Preto, hoje, apenas Ouro Preto, lar do escultor mineiro Mestre Aleijadinho, seguindo pelas serras até Paraty, para enviar nosso ouro ao monarca de Portugal. Depois, a Estrada Real cresceu e se estendeu por várias cidades.

Veja Também: Lisboa: A Capital e a alma Lusitana

Vamos ver algumas e suas paisagens:

Na virada do ano de 2010 para 2011 estive em São João del Rei, terra de Tiradentes e Tancredo Neves. Os dois estão homenageados na praça principal do centro histórico.

Veja Também: Monte Verde: Um pedacinho da Suíça no Brasil

estatua tancredo neves na estrada real

Seguindo um pouco mais, o visitante percorre o trecho do Rio das Mortes, até chegar a Tiradentes, cidade onde o famoso Alferes Joaquim José da Silva Xavier também viveu. Tanto que a cidade, antes São José do rio das Mortes, foi rebatizada após a Independência, para o apelido do morador famoso, Tiradentes.

Veja Também: Lavras Novas: conheça e surpreenda-se

estatua Tiradentes na estrada real

A Estrada Real liga estas cidades, mas, no meio do caminho está Santa Cruz de Minas. Cidade que conheci pessoalmente. Rica em artesanato, móveis rústicos, casas em estilo colonial, fazendas e sítios e o orgulho de ter o marco da Estrada Real em seu território. E ao lado do marco da Estrada Real está a cachoeira de Rio das Mortes, que faz pequenos lagos ao redor do morro de pedra que margeia aquele trecho do caminho.

Veja Também: Campos do Jordão: a Suíça brasileira

Marco da Estrada Real

Em minha primeira estada, lá se vão quase cinco anos, havia vegetação, cor, flores, mata e águas. Da segunda vez que estive na mesma região, fiz questão de seguir andando o trecho da Estrada Real que segue ao lado da cachoeira. O que vi foi a rocha triste, negra. A mata desanimada, rubra.

Veja Também: 5 motivos para você conhecer Ilha Bela

A terra, que antes era coberta pela relva, quando retornei era agreste, espinhosa. O solo aparecia em terra vermelha e poeira amarela. A bela cachoeira que caía em véu farto e largo, fazendo piscinas naturais a metros de altura do chão havia secado. E os pequenos lagos mais abaixo, no vale, eram poças de água parada, verde e opaca, que não deixava ver o fundo.

Veja Também: Paranapiacaba: Os encantos da Cidade Luz

Marco da Estrada Real em 2014

O marco original, em pedra, foi há tempos substituído por um bem maior em aço. Mas era só o que havia de igual em minhas duas estadas, além é claro da Estrada Real, que seguia seu caminho cruzando as cidades, subindo para o norte e servindo de via para carros e ônibus.

Veja Também: Viaje e conheça Serra Negra

Em São João del Rei a vida continua. Festas, feiras, eventos e a faculdade, UFSJ – Universidade Federal de São João, a Convenção dos criadores de Orquídeas, a feira de empreendedorismo e negócios do SEBRAE, o museu da Estrada de Ferro Oeste de Minas (EFOM).

Veja Também: Ubatuba, o paraíso do litoral paulista

Estrada de Ferro Oeste de Minas, em São João del Rei na Estrada Real

Em Tiradentes, a praça central, com muitos bares e restaurantes, minhas histórias para contar e muita gente bonita de todas as partes do mundo.

Você que como eu gosta de viajar, vai adorar saber que a Estrada Real é um dos roteiros mais visitados do Brasil, percorre aproximados 1600 quilômetros, três estados e passa por cidades lindas e cheias de história.

Veja Também: As 10 melhores praias do Rio de Janeiro

Só para atiçar a sua curiosidade, você sabia que a Estrada Real tem 4 caminhos?

  • Caminhos dos Diamantes: São 395 quilômetros divididos em 18 trechos ligando Diamantina a Ouro Preto;
  • Caminho Velho: Total de 710 quilômetros, com 27 trechos, Ouro Preto a Paraty;
  • Caminho do Novo: Trecho de 515 quilômetros dividido em 18 partes, indo de Ouro Preto a Porto Estrela;
  • Caminho do Sabarabuçu: Que pode ser percorrido de Cocais a Glaura, conta com 160 quilômetros em 6 trechos.

Veja Também: São Sebastião além de Maresias

pôr do sol na Estrada Real

Vamos fazer um acordo? Vamos viajar pela Estrada Real nas próximas postagens e ver o que mais descobrimos. Vamos ver os pontos de turismo mais famosos, os locais mais divertidos, o que há de bonito para ver, bons lugares para ficar, caminhos, ônibus, percursos turísticos, trilhas leves e pesadas e imagens inesquecíveis.

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

Então estamos combinados. Nossa viagem pela Estrada Real começa na próxima postagem e vou te mostrar os lugares, a comida e o povo. Vamos viajar pela Estrada Real!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here