12 pontos turísticos em Moscou, a principal sede da Copa do Mundo de 2018

Veja 12 pontos turísticos em Moscou. Conheça mais sobre este incrível destino que será a principal sede da Copa do Mundo de 2018.

0
370

A Copa do Mundo de 2018 da Rússia tem gerado grande expectativa e não é tanto pelo futebol e sim pela principal cidade sede, Moscou.

A seguir listamos os 12 pontos turísticos em Moscou que nenhum turista deveria deixar de conhecer ao visitar a capital russa.

Lugar feito de contrastes, começando por sua localização, exatamente na fronteira entre o continente europeu e o continente asiático.

Uma cidade que assistiu a queda de um império de czares, a construção de um regime totalitário de exclusão e a abertura para um mundo moderno e desconhecido.

Atualmente, Moscou é uma das cidades mais interessantes para turismo do planeta, exatamente por sua carga histórica.

Então, que tal começar o tour lendo nossa seleção?

12 pontos turísticos em Moscou

Kremlin é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: wikipedia

1. Kremlin

A fortaleza que está situada na Praça Vermelha de Moscou é uma das paradas obrigatórias para os turistas, possuindo uma série de galerias, museus e outras atrações.

Dentro dos altos muros estão preservados séculos de história do país, com diversos palácios que foram a residência de czares.

A construção original data de 1156, além da parte aberta aos turistas o complexo funciona como sede do governo russo.

O presidente mora dentro do complexo.

A área aberta a visitação de turistas inclui uma série de construções arquitetônicas fascinantes como o Campanário de Ivan, O Grande; o Palácio do Arsenal, o Palácio do Patriarca e algumas catedrais como a Catedral do Arcanjo Miguel.

Este certamente é um dos pontos turísticos em Moscou que você não pode deixar de conhecer.

Para fazer esse passeio é necessário comprar seu ingresso no quiosque situado no Jardim de Alexandre.

A compra pode ser feita até 45 minutos antes da entrada.

Veja Também: Conheça as 11 cidades sedes da Copa do Mundo de 2018

2. Catedral da Assunção

Catedral da Assunção é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: pixabay

Um dos locais que estão abertos a visitação dentro do Kremlin que merecem sua visita é a Catedral da Assunção, essa possui uma grande importância na história russa.

Essa catedral foi cenário de importantes acontecimentos como a coroação do czar Ivan, O Terrível.

Sua construção se deu no ano de 1326, contudo, ela foi reconstruída no ano de 1470 após sua demolição.

No ano de 1918 os líderes comunistas transformaram a igreja ortodoxa num museu.

Dentro da igreja que já é uma obra de arte por sua arquitetura estão afrescos de 1511 e o trono que Ivan – O Terrível – usava quando deseja rezar.

Para conhecer a catedral, basta adquirir o ingresso para o Kremlin, vale a pena se deter alguns minutos a mais nesse ponto.

Veja Também: Europa: Saiba economizar na Viagem ao velho Continente

3. Catedral São Basílio

Catedral São Basílio é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: voceviajando

A imagem dessa catedral ortodoxa é usada com grande frequência como símbolo da Rússia.

Sua construção se deu entre os anos de 1555 e 1561 por ordem do czar Ivan, O Terrível, como comemoração do seu êxito em recuperar Astrakhan e Kazan que estavam sob o domínio dos tártaros-mongóis.

Uma das principais diferenças dessa igreja para as demais igrejas católicas é que ela tem um visual colorido e iluminado, não tem nada de austeridade nessa construção.

A igreja está situada na Praça Vermelha e funciona como marca do centro geométrico da capital russa.

Um dos mais belos pontos turísticos em Moscou.

Veja Também: As 7 mais belas e melhores praias da Europa

4. Mausoléu de Lenin

Mausoléu de Lenin é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: lalarebelo

Por mais curioso que pareça, um dos pontos turísticos em Moscou que não devem ficar de fora da sua lista é o Mausoléu do líder comunista Lenin.

Antes de qualquer coisa, devemos deixar claro que o local consiste apenas numa câmara que possui um sarcófago transparente em que está o corpo embalsamado de Lenin que morreu há um século.

Para entrar no local você precisará enfrentar uma longa fila e uma inspeção rigorosa dos guardas.

Ao entrar no local, você verá o corpo de Lenin.

Mas, o que esse passeio tem de tão incrível?

A magia desse ponto turístico está na história que o homem embalsamado possui.

Lenin foi um dos fundadores da URSS e, estando em solo russo é interessante lhe fazer uma visita, para os russos esse local é quase sagrado.

O mausoléu está situado na Praça Vermelha.

Veja Também: 10 lugares no Brasil com cara de Europa

5. Shopping GUM

Shopping GUM é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: flickr

A construção do prédio, sede desse grande centro comercial, data de 1800, durante o regime comunista funcionava como a principal loja de departamento da capital em que os cidadãos iam para retirar alimentos e outros itens de necessidade.

A palavra GUM era usada para nomear quase todas essas unidades, sendo assim, outras cidades da União Soviética possuíam o seu centro com esse nome.

Os turistas que visitam atualmente esse shopping se deparam com um típico centro de compras capitalista, contendo lojas de grandes grifes.

Certamente um dos pontos turísticos em Moscou mais cobiçados.

Está situado no bairro histórico de Kitai-gorod em frente a Praça Vermelha.

Veja Também: Top 13 melhores seguros viagem internacional: Saiba como escolher e contratar

6. Praça Vermelha

Praça Vermelha é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: sputniknews

Para quem pensa que o nome faz referência a cor do comunismo, está enganado.

A praça tem esse nome porque em russo красная (krasnaya) pode ser entendido como a cor vermelha ou como o adjetivo bonito.

O sentido era o adjetivo se referindo a Catedral de São Basílio, que fica nessa praça, logo passou a ser a nomenclatura do lugar.

Durante o período da União Soviética essa praça foi o cenário de inúmeros desfiles militares.

Nessa praça estão alguns dos principais pontos turísticos em Moscou, como a própria catedral e também como a separação entre o Kremlin e o bairro Kitay-gorod que é histórico.

Veja Também: 10 dicas para você encontrar passagens aéreas baratas

7. Museu Histórico do Estado

Museu Histórico do Estado é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: guia.melhoresdestinos

Para conhecer a história desse curioso país, recomendamos uma visita ao Museu Histórico do Estado.

Dentre as obras do seu acervo, estão objetos de povos pré-históricos que habitaram o território da Rússia além de obras de arte, sendo muitas delas componentes da família real Romanov – a última família real.

O museu possui milhões de objetos e obras de arte.

A fachada do museu é um detalhe a parte que fascina por seu tamanho impressionante.

Está situado na Praça Vermelha.

A visitação a esse museu acontece todas segundas, quartas, quintas, sextas e sábados das 10h às 18h.

Além do acervo o museu possui exposições temporárias.

Veja Também: Seus direitos em caso de atrasos ou cancelamentos de voos

8. Biblioteca do Estado Russo

Biblioteca do Estado Russo é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: minhabiblioteca

Uma das 5 maiores bibliotecas do mundo, a Biblioteca do Estado Russo, contêm muito da história do seu país e do mundo, com um acervo de cerca de 44,4 milhões de livros incluindo importantes documentos.

Tem livros em russo e línguas estrangeiras, o acervo está distribuído em cerca de 275 km de estantes.

Conta com muitos documentos sobre a União Soviética.

O prédio da biblioteca também possui seu encanto, inspirando uma visita turística.

Veja Também: Seus direitos em caso de atrasos ou cancelamentos de voos

9. Sete Irmãs – Os Arranha-Céus de Stálin

Os Arranha-Céus de Stálin é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: zigadazuca

Os enormes edifícios que são conhecidos como as Sete Irmãs de Stálin, foram construídos entre os anos de 1947 e 1953 como uma resposta do ditador ao capitalismo ocidental e para comemorar a vitória na Segundo Guerra Mundial.

Como o objetivo era mostrar que a União Soviética estava mais forte do que nunca, os sete edifícios são enormes e, possuem arquitetura no estilo do classicismo soviético.

Compõem as sete irmãs: Edifício Kotelnicheskaya Embankment (um dos edifícios em que as pessoas tinham aposentos individuais, mas usavam coletivamente banheiro e cozinha); Ministério de Assuntos Exteriores (edifício que possui uma estrela na ponta); Universidade Estatal de Moscou – Lomonosov (o mais famoso das sete irmãs também tem uma estrela na ponta); Hotel Leningradskaya; Ukraina Hotel; Edifício Kudrinskaya e Red Gates Administrative Building.

Veja Também: Como Conseguir Voos Baratos De Última Hora

10. Museu Pushkin

Museu Pushkin é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: acervosdehistoria

O Museu Pushkin é um museu de belas artes dedicado a arte europeia, sendo o maior de seu país nesse setor e um dos principais do mundo.

O ano de inauguração do museu foi 1912.

No ano de 1918, depois da revolução russa que levou ao poder o governo comunista, muitas obras do Museu Hermitage foram levados para o Pushkin.

Durante a Segunda Guerra Mundial as obras foram evacuada do local devido aos bombardeios que chegaram a destruir o edifício que começou a ser reconstruído em 1944.

Um museu é muito importante no que diz respeito a conservação de obras europeias.

Veja Também: 5 lugares incríveis ao redor do mundo que poucas pessoas conhecem

11. Galeria Tretyakov

Galeria Tretyakov é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: guia.melhoresdestinos

Além de visitar um museu dedicado a preservação da arte europeia, é interessante conhecer um museu dedicado à obra russa como a Galeria Tretyakov.

Trata-se de um dos museus mais importantes no que se refere à arte russa, sendo que seu acervo conta com peças de artistas proeminentes do país, bem como aqueles que tiveram um contato intenso com a produção artística local.

Sua fundação se deu no ano de 1856 e está situado próximo ao Kremlin.

Veja Também: Férias: 5 estratégias para você gastar menos em sua Viagem

12. Teatro Bolshoi

Teatro Bolshoi é um dos pontos turísticos em Moscou
Fonte: guia.melhoresdestinos

Quando se fala em Rússia é difícil não pensar no ballet Bolshoi, não é mesmo?

Pois, esse teatro é um belo edifício projetado pelo arquiteto Joseph Bové para ser a sede da companhia.

Além das apresentações de balé, esse edifício recebe espetáculos de ópera.

Para se ter uma ideia da importância desse teatro, sua fachada está estampada na nota de 100 rublos.

A arquitetura neoclássica tem como destaque a escultura de Apolo (deus mitológico das artes) numa charrete conduzida por cavalos no topo da fachada.

Sua inauguração aconteceu no ano de 1825, fica próximo ao Kremlin.

Esses são os 12 pontos turísticos em Moscou que você precisa conhecer no país da Copa do Mundo 2018.

Curta: Nossa Página no Facebook

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here