10 passeios imperdíveis em Berlim

1
4267

Você vai para Berlim? Saiba por onde começar.

Berlim é uma cidade memorável, e com esse roteiro você vai adorar a estadia na capital alemã.

Além dos pontos turísticos conhecidos como o Portão de Brandemburgo, a Alezander Platz, a Ilha dos Museus e o Muro, damos dicas extras de lugares que você precisa conhecer e experiências imperdíveis.

Veja Também: Seguro viagem: porque você não pode embarcar sem ele!

Berlim: Guia de Viagem

Portão de Brandemburgo

É o cartão postal da cidade. E com razão! O portão faz parte da história alemã e europeia, há séculos, quando concluída sua construção, em 1791, era usado como portão de entrada da cidade.

Com a segunda guerra, sofreu alguns danos e só teve sua restauração completa em 2002. Significava, com o Muro ao seu lado, a separação entre a Berlim Ocidental e a Oriental e hoje, majestosamente, representa a reunificação da cidade, e também a União Europeia.

Veja Também: 4 situações que pedem um Seguro Viagem

Portão de Brandemburgo é o cartão postal de Berlim
O Portão de Brandemburgo é modelado segundo os Propileus da Acrópole de Atenas – Foto: pt.wikipedia.org

Memorial do Holocausto

A uma quadra do Portão de Brandemburgo, o Memorial dos Judeus Mortos da Europa é angustiante, ao andar entre os 2.711 blocos de concreto escuro você vai sentir exatamente o que o arquiteto Peter Eisenman preveu, uma intranquilidade sufocante.

É uma experiência necessária na visita à cidade porque o genocídio judeu faz parte da sua história. Em uma sala subterrânea, no Memorial, encontra-se o Centro de Informações com documentos relativos à perseguição e ao extermínio judeu.

Veja Também: Seguro Viagem: 10 Dicas para você não errar na contratação

Memorial do Holocausto em Berlim
As diferentes alturas dos blocos ajudam a criar o clima de angústia no Memorial – Foto: noticias.uol.com.br

Potsdamer Platz

Como a maioria das atrações em Berlim, a História cruzou Potsdamer Platz, literalmente. Depois de ser destruída na Segunda Guerra, quando já era um centro comercial, onde foi instalado o primeiro semáforo da Europa e onde todos os dias vinte mil carros passavam, a construção do Muro a cortou, tornando a Praça zona fronteiriça e, portanto, sem trânsito de carros ou pessoas.

Somente em 1989 se tornou palco da unificação e voltou a ter importância em Berlim, sendo construída com o conceito de “Cidade do Século 21”, por Richard Rogers.

Veja Também: Dicas para você planejar sua viagem

Potsdamer Platz é um dos pontos turísticos de Berlim
Potsdamer Platz – Foto: en.wikipedia.org

Ilha dos Museus

A Ilha dos Museus de Berlim fica na ponta da Ilha de Spree e é considerada, desde 1999, patrimônio mundial pela UNESCO.

A sua construção começou com o Altes Museum, o Museu Velho, em 1823. Depois, veio o Museu Real Prussiano, hoje chamado de Novo Museu, a Alte Nationalgalerie (Galeria Nacional Antiga), o Museu Bode, que além da Arte Bizantina abriga esculturas e uma grande coleção de moedas e, por último, o Pergamon, concluído em 1930.

Veja Também: 5 Dicas para Turistas de Primeira Viagem

Entrada do Pergamon, na Ilha dos Museus, em Berlim
Entrada do Pergamon, na Ilha dos Museus, em Berlim – Foto: citytripwith.us

Catedral de Berlim

Ao norte, na Ilha de Spree, fica a Catedral de Berlim, Ela foi inaugurada em 1905, sofreu danos durante a Segunda Guerra Mundial e teve sua restauração concluída em 1993.

É possível visitar a Igreja, sua cripta, com aproximadamente cem caixões de mais de quatro séculos e também o Museu da Catedral. Subir no topo do domo e ver Berlim é imperdível!

Veja Também: Top 10 de Paris para você aproveitar o que a Cidade Luz tem a te oferecer

Catedral de Berlim
Catedral de Berlim – Foto: nakarenlandia.blogspot.com

Alexander Platz e a Torre de TV

Outro destino famoso em Berlim é a Alexander Platz. Seu nome foi dado em homenagem ao Czar Russo Alexander I em sua visita à cidade em 1805.

Ela foi um cenário político importante na Berlim dividida e depois apareceu em filmes como Adeus, Lenin. Durante o dia e começo da noite, você pode encontrar músicos de rua na praça e amigos reunidos, é um lugar de encontro já que tem uma grande estação de trem e outros transportes públicos passam e param por ali.

Na Alexander Platz está também a Torre de TV de Berlim, o maior prédio de acesso público na Europa, com 368 metros e um bar no topo. Você pode subir para tomar alguma coisa, comer, ou só apreciar a vista, que em um dia claro chega a 40km de distância.

Veja Também: 5 fatos que tornam a Itália imperdível para os amantes dos automóveis

Alexander Platz em Berlim
Torre de 368m, localizada na Alexander Platz, uma das maiores praças de Berlim – Foto: rejsekris.dk

Caminhada ao longo da East Side Gallery

A East Side Gallery tem 1.316 metros, é uma parte preservada do Muro de Berlim e a maior galeria a céu aberto do mundo.

Logo após a queda do muro, a East Side Gallery foi pintada por 118 artistas de 21 nacionalidades. Em 2009, quarenta murais foram restaurados. A galeria é um manifesto político e serve de memorial. A caminhada ao longo dela é de deliciosas descobertas.

Veja Também: Guia turístico das Ilhas Canárias

Painel de Gunter Schafer na East Side Gallery em Berlim
Painel de Gunter Schafer na East Side Gallery em Berlim – Foto: vardacarmeliart.com

Passeio pela Karl-Marx-Allee

Uma caminhada pela Karl-Marx-Allee é obrigatória, com construções da década de 50, tem arquitetura socialista.

A Avenida originalmente foi batizada Grobe Frankfurter Strabe, depois, em 1949, no aniversário de 70 anos de Stalin, foi renomeada Stalinallee e em 13 de novembro de 1961, recebeu o nome que leva até hoje, Karl-Marx-Allee.

Veja Também: Milão não pode faltar no seu roteiro de tour pela Itália

Prédio de arquitetura socialista na Karl-Marx-Allee em Berlim
Prédio de arquitetura socialista na Karl-Marx-Allee – Foto: youhavebeenupgraded.boardingarea.com

Flea Market no MauerPark

Quando perdurava o Muro, o MauerPark era terra de ninguém, o Muro o atravessava e o parque era área de patrulhamento.

Depois da queda, virou um point dos berlinenses que se reuniam ali, surgiu então o mercado de pulgas, que acontece todos os domingos.

Programa imperdível para garimpar peças legais, seja de guarda-roupa, seja para casa e ver coisas diferentes. Nos sábados, a programação lá é Karaoke. Vale a pena o passeio e é pertinho da East Side Gallery.

Veja Também: Todos os caminhos levam a Harry Potter

Mercado de Pulgas no MauerPark em Berlim
Mercado de Pulgas no MauerPark em Berlim – Foto: facsimilemagazine.com

Noitada no Berghain-Panorama Bar

Berlim é a capital da música eletrônica, e o Panorama Bar é a melhor balada para curtir. Instalado em uma antiga usina, já foi tida como o melhor club do mundo.

Ele funciona nos finais de semana a partir da meia-noite, mas bomba mesmo depois das três. Se a música eletrônica não é sua praia vale a pena conhecer o lugar por já ter se tornado ponto turístico da capital.

Veja Também: Pequena e charmosa: o cartão postal de Pisa

Noitada no Berghain-Panorama Bar em Berlim
Noitada no Berghain-Panorama Bar em Berlim – Foto: ousejourner.com

10 é pouco, dica extra é demais!

Ficou de fora da lista o Checkpoint Charlie, que foi um posto de passagem na fronteira entre a Alemanha Ocidental e a Alemanha Oriental, onde os aliados registravam as entradas e saídas de americanos, ingleses e franceses.

Checkpoint Charlie em Berlim
Checkpoint Charlie em Berlim – Foto: en.wikipedia.org

O posto ficou famoso por aparecer em filmes do James Bond e também n”O Espião que veio do frio”, do direto John Le Carré. Nele fica a famosa placa que diz “você está deixando o setor americano”.

Outra dica valiosa para quem quer sair a noite e não errar é o site clubmatcher, ele recomenda a balada de acordo com seu perfil.

Você tem mais alguma dica? Já foi a Berlim? Como foi? Quer ir? O que está planejando? Conte tudo pra gente nos comentários.

1 COMENTÁRIO

  1. Sobre a ilha dos museus, qual dica você me dá para visitar os melhores? Se é que dá para fazer isso? Quanto tempo você diria que demoraria para visitar cada um destes museus? Eu estarei em Berlim apenas tres dias e meio. Você teria dicas do que conseguiria visitar em tão pouco tempo? Obrigada

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here